A casa dos grandes pensadores
 
 
 

CÁTIA PAIVA

 

 

 

Campo Majoritário do PT: O que significa?

A expressão "campo majoritário" é largamente usada pela mídia para identificar uma determinada ala do PT (Partido dos Trabalhadores), cuja ideologia vincula-se ao Bolchevismo. Vejamos resumidamente: - Bolchevique ou Bolchevista: palavra de origem russa traduzida aproximadamente como "maioria". Bolchevistas, também conhecidos como vermelhos, eram membros do partido comunista russo, fundado em 1903 pela facção majoritária do partido trabalhista-social-democrata russo liderado por Vladimir Lênin. Os Bolcheviques entendiam que o partido deveria ser formado por revolucionários profissionais, só admitindo como membro quem militasse ativamente nas suas bases, disciplinadamente e obedientes ao Comitê Central. A outra facção era conhecida como a dos Mencheviques, da palavra "minoria" e defendiam o entendimento moderado de diálogo entre os burgueses e sovietes para a obtenção dos objetivos da revolução. Os Mencheviques, influenciados pelo pensamento convencional do Marxismo europeu, não acreditavam na possibilidade da Rússia transitar rumo ao socialismo sem antes percorrer o desenvolvimento do capitalismo.
Pouco depois de os bolcheviques terem chegado ao poder durante a Revolução Russa de 1917, foi em 1918 que mudaram o seu nome para Partido Comunista de toda a Rússia (Bolcheviques), mas passaram a ser conhecidos apenas como Partido Comunista. No entanto, foi em 1952 que o partido removeu formalmente a palavra bolchevique do seu nome.
"Leão Trotsky", grande expoente do Bolchevismo e colaborador de Lênin, foi o teórico da "revolução permanente" e organizador do Exército Vermelho. Exilado no México por Stálin desde 1929, foi assassinado a golpes de foice em 1940 por espiões russos a mando do mesmo Stálin. Trotsky também ficou conhecido pelo seu pensamento revolucionário onde os fins justificariam os meios pela causa da ditadura.
Isto posto, a interpretação nos sugere que qualquer semelhança não é mera coincidência

Cátia Paiva

                   
Publicação: www.paralerepensar.com.br 26/10/2005