A casa dos grandes pensadores
 
 
 

CÁTIA PAIVA

 

 

 

HAICAI

 

Segundo os dicionaristas, haicai significa: pequena composição poética japonesa, em que se cantam as variações da natureza e sua influência na alma do poeta. É composta de dezessete sílabas divididas em grupos de cinco, sete, cinco. Como exemplo, este foi o primeiro que eu fiz:

Haicai 1      Amo o verão        (5 sílabas)   Verão = fenômeno natural
               Visto a liberdade  (7 sílabas)   liberdade e paixão= influências
               Dispo a paixão     (5 sílabas)

Haicai 2      Sorver o luar
               Embriagar de paixão
               Morrer de amor

Haicai 3      Ouro ou prata
              No peito do vencedor
              Sonho e garra

Haicai 4      Pérola negra
              Sua rara beleza
              Nos enternece

Haicai 5      Desmatamento
              Um crime ambiental
              Ato ignaro

Haicai 6      O homem destrói
              Árvores mortas ao chão
              Inaceitável

Haicai 7      Método cruel
              Queimada agrícola
              Arde a razão

Haicai 8      O vento soprou
              Os pássaros cantaram
              E você chegou

Haicai 9      É primavera
              A estação das flores
              Verdes amores

Haicai 10     Viva meu jardim
              Sinta o seu aroma
              Colha uma flor

Haicai 11     Rosas vermelhas
              Despertam o coração
              Calam de paixão

Haicai 12     Copo-de-leite
              De beleza sem igual
              É um deleite

Haicai 13     Flores do campo
              Alegres e festivas
              Brindam o amor

Haicai 14     Flores de maio
              Iluminam o olhar
              Geram ilusão

Haicai 15     Lírio da paz
              Símbolo de leveza
              Que a paz nos traz

Haicai 16     Cravo é macho
              Na lapela denota
              Juras de amor

Haicai 17     Com margarida
              Não tem volta, só ida
              Morte e vida

Haicai 18     Papoula cruel
              Encanta os incautos
              É doce, é fel

Haicai 19     A noite caiu
              Papai Noel já chegou
              Tocando sino

Haicai 20     Estrela guia
              Ilumina a festa
              Natal folia

Haicai 21     Calor humano
              Esperança no olhar
              Chegou o Natal

Haicai 22     Chove tristeza
              No Natal em asilos
              Idosos tão sós ...

Haicai 23     Noite infeliz
              Menor abandonado
              Papai sem Noel

Haicai 24     O sol brilhará
              Nos porões do submundo
              Num Natal sem par

Haicai 25   O sol de Verão
            Desperta a libido
            E nos envolve

Haicai 26   Chuvas de verão
            Poesia e paixão
            Erotização

Haicai 27   Chuvas de verão
            Grandes alagamentos
            E destruição

Haicai 28   Doce veneno
            De sabê-lo infeliz
            Cala o peito

Haicai 29   Brisa marinha
            Inebria de amor
            E enternece

Haicai 30   Apaixonados
            Na calada da noite
            Só sofreguidão

Haicai 31   Saudade é luz
            Num desejo latente
            Sombra tangente

Haicai 32   Anjo menino
            De sorriso maroto
            Traz alegria

Haicai 33   Primeiro amor
            Sentimentos pueris
            Doces lembranças

Haicai 34   O vento soprou
            Os pássaros cantaram
            Na paz da manhã

Haicai 35   Se tem sol, tem lá
            Tocando dó, ré, mi, fá
            O si vai calar

 

Haicai 36   No mar revolto,
            Ondas espumam bravas
            Em águas turvas

Haicai 37   O morro chora
            No ronco da cuíca
            Suas tristezas

Haicai 38   Papel de seda
            Dobra em origami
            Sonho dourado

Haicai 39   Livre gavião
            Voa solitário
            Na imensidão

Haicai 40   Fogo é paixão
            Que encobre a razão
            E tira a paz


Cátia Paiva


Publicação: www.paralerepensar.com.br