A casa dos grandes pensadores A casa dos grandes pensadores
Retornar para contos de Natal
 

NATAL DE ESPERANÇA

Por Daniel Cristal

 
NATAL DE ESPERANÇA
 
Queria renascer no dia de Natal...
Queria ser um santo imaculado,
dar amor num mundo justo e bem-amado
e colher do mar a lágrima de sal !
 
Que bom ser Natal nos Céus de Portugal !
Parece a descoberta da Índia pimenteira
ou o manto áureo duma feiticeira
a ofertar o Amor em troca desigual !
 
Vou parar o tempo no instante feliz !
Vou voltar ao dia em qu' Álvares Cabral
chamou à terra sã: "terra da Vera Cruz" !
 
Vou cantar poesia sim como nunca fiz
neste Natal tão bem crido em Portugal...
Feliz esperança, alucinada luz !
 

Miramar, 11.12. 2002