A casa dos grandes pensadores
 
 
 

DANIEL CRISTAL

 


 

 

POETA-BORDADOR(A) 

  O Poeta é bordador;
no seu painel de brancura,
borda o amor e a dor
duma excelsa figura.

Borda até nas entrelinhas
o mundo que nasce novo,
e numa dúzia de linhas,
figura todo o seu povo.

É bordador o Poeta;
borda a verde e a rosa,
borda o alfa e o beta,
e o ômega duma glosa.

Bordador como o artista,
Sedutor como a canção,
o Poeta nunca se dista
de bordar a emoção.

Muda de linha o Poeta,
muda de cor a canção,
sua agulha de barbela
deflagra o coração.

01.03.2005

Daniel Cristal

Publicação: www.paralerepensar.com.br  13/03/2006