A casa dos grandes pensadores A casa dos grandes pensadores

| Home | Introdução | Autores | Construtor I Espaço do leitor | Fale conosco PubliqueBusca no site I

IRON MAIDEN

POWERSLAVE

Retornar

Caught Somewhere In Time
(Harris)

If you had the time to lose
An open mind and time to choose
Would you care to take a look
Or can you read me like a book?

Time is always on my side
Time is always on my side

Can I tempt you come with me
Be Devil may care fulfill your dream
If I said I'd take you there
Would you go, would you be scared?

Don't be afraid, you're safe with me
Safe as any soul can be ... honestly
Just let yourself go

Caught somewhere in time
Caught somewhere in time
Caught somewhere in time

Like a wolf in sheep's clothing
You try to hide your deepest sins
Of all the things that you've done wrong
And I know where you belong

Make you an offer you can't refuse
You've only got your soul to lose
Eternally... Just let yourself go

Preso em Algum Lugar do Tempo
(Harris)

Se você tiver tempo para perder
Uma mente aberta e tempo para escolher
Você se importaria de dar uma olhada
Ou você pode ler-me como um livro?

O tempo está sempre do meu lado
O tempo está sempre do meu lado

Posso tentá-lo a vir comigo
Seja o diabo que se importe, preencha seu sonho
Se eu dissesse que te traria aqui
Você iria, você ficaria com medo?

Não tenha medo, você está seguro comigo
Tão seguro quanto qualquer alma pode estar... sinceramente
Apenas deixe-se ir

Preso em algum lugar do tempo
Preso em algum lugar do tempo
Preso em algum lugar do tempo

Como um lobo em pele de cordeiro
Você tenta esconder seus pecados mais profundos
Todas as coisas que você fez de errado
E eu sei a que lugar você pertence

Te faço uma oferta, você não pode recusar
Você só tem a sua alma a perder
Eternamente... simplesmente deixe-se ir

Wasted Years
(Smith)

From the coast of gold,
across the seven seas
I'm travelling on, far and wide
But now it seems,
I'm just a stranger to myself
And all the things I sometimes do,
it isn't me but someone else

I close my eyes, and think of home
Another city goes by, in the night
Ain't it funny how it is,
you never miss it til it's gone away
And my heart is lying there
and will be til my dying day

So understand
Don't waste your time
always searching for those wasted years
Face up... make your stand
And realise you're living in the golden years

Too much time on my hands,
I got you on my mind
Can't ease this pain, so easily
When you can't find the words to say
it's hard to make it through another day
And it makes me wanna cry,
and throw my hands up to the sky

Anos Perdidos
(Smith)

Da costa do ouro,
atravessando os sete oceanos
Eu estou viajando, longe
Mas agora parece
que eu sou um estranho a mim mesmo
E todas as coisas que algumas vezes fiz,
não era eu, mas algum outro

Eu fecho meus olhos e penso no lar
Outra cidade passa, na noite
Não é engraçado como é,
você nunca sente falta até perder
E meu coração descansa ali
e ali ficará até o dia de minha morte

Então entenda
Não perca seu tempo
sempre procurando pelos anos perdidos
Encare... resista
E entenda que você vive os anos dourados

Tempo demais em minhas mãos,
eu te tenho em minha mente
Não consigo aliviar esta dor, tão facilmente
Quando você não consegue achar as palavras para dizer
É difícil atravessar um novo dia
E isso me faz querer chorar
e erguer minhas mãos para o céu

Sea Of Madness
(Smith)

Out in the street somebody's crying
Out in the night the fires burn
Maybe tonight somebody's crying
Reached the point of no return

My eyes they see but I can't believe
My heart is heavy as I turn my back and leave

Like the eagle and the dove
Fly so high on wings above
When all you see can only bring you sadness
Like a river we will flow
On towards the sea we go
When all you do can only bring you sadness
Out on the sea of madness

Somewhere I hear a voice that's calling
Out in the dark there burns a dream
You got to hope when you are falling
To find the world that you have seen

It's madness
The sun don't shine
On the sea of madness
There ain't no wind to fill your sails
Madness
When all you see can only bring you sadness
On towards the sea we go

Mar de Loucura
(Smith)

Lá fora nas ruas alguém está chorando
Lá fora na noite o fogo queima
Talvez hoje alguém esteja chorando
Atingido o ponto sem retorno

Meus olhos vêem mas eu não posso acreditar
Meu coração está pesado quando viro as costas e parto

Como a águia e o pombo
Voar tão alto, voando lá em cima
Quando tudo o que você vê só pode te trazer tristeza
Como um rio nós seguiremos
Em direção ao mar nós vamos
Quando tudo o que você faz só pode te trazer tristeza
Lá fora no mar de loucura

Em algum lugar ouço a voz que chama
Lá fora na escuridão queima um sonho
Você tem de ter esperança quando está caindo
Para achar o mundo que você viu

É loucura
O sol não brilha
No mar da loucura
Não há vento para soprar suas velas
Loucura
Quando tudo que você vê só pode te trazer tristeza
Em direção ao mar nós vamos

Heaven Can Wait
(Harris)

Can't understand what is happening to me
This isn't real, this is only a dream
But I never have felt, no
I never have felt this way before
I'm looking down on my body below
I lie asleep in the midst of a dream
Is it now could it be that
the angel of death has come for me?

I can't believe that really my time has come
I don't feel ready, there's so much left undone
And it's my soul and I'm not gonna let it get away

Heaven can wait
Heaven can wait
Heaven can wait
Heaven can wait til another day

I have a lust for the Earth below
And Hell itself is my only foe
'Cause I've no fear of dying
I'll go when I'm good and ready

I snatch a glimpse of the light's eternal rays
I see a tunnel, I stand amazed
At all of the people standing there in front of me

Into the paths of rightness I'll be led
Is this the place where the living join the dead?
I wish I knew this was only just a nightmare

Take my hand, I'll lead you to the promised land
Take my hand, I'll give you immortality
Eternal youth, I'll take you to the other side
To see the truth, the path for you is decided

My body tingles, I feel so strange,
I feel so tired, I feel so drained
And I'm wondering if I'll ever be the same again
Is this in limbo or in Heaven or Hell?
Maybe I'm going down there as well
I can't accept my soul will drift forever
I feel myself floating back down to Earth
So could this be the hour of my rebirth?
Or have I died or will I wake from dreaming?

O Paraíso Pode Esperar
(Harris)

Não posso entender o que acontece comigo
Isto não é real, isto é apenas um sonho
Mas eu nunca senti isso, não,
eu nunca me senti deste jeito antes
Eu estou olhando para meu corpo lá embaixo
Eu descanso acordado na atmosfera de um sonho
Será possível
que o anjo da morte chegou para me buscar?

Eu não posso acreditar que minha hora chegou
Eu não me sinto pronto, tanta coisa deixada inacabada
E é a minha alma e eu não vou deixá-la ir embora

Paraíso pode esperar
Paraíso pode esperar
Paraíso pode esperar
Paraíso pode esperar até outro dia

Eu tenho paixão pela terra aqui embaixo
E o inferno é meu único inimigo
Porque eu não tenho medo de morrer
Eu irei quando estiver bom e preparado

Eu dou uma rápida olhada nos raios eternos de luz
Eu vejo um túnel, eu fico maravilhado
Com todas as pessoas esperando ali na minha frente

Pelos caminhos dos justos serei guiado
É aqui o lugar onde os vivos se juntam aos mortos?
Eu gostaria de saber que isso é apenas um pesadelo

Pegue minha mão, eu te levarei à terra prometida
Pegue minha mão, eu te darei imortalidade
Juventude eterna, eu te levarei para o outro lado
Para ver a verdade, o seu caminho está decidido

Meu corpo formiga, eu me sinto tão estranho
Me sinto tão cansado, me sinto tão drenado
E eu me pergunto se algum dia serei o mesmo de novo
Seria o limbo, o paraíso ou o inferno?
Talvez eu esteja indo lá para baixo de qualquer forma
Eu não posso aceitar que minha alma vague eternamente
Eu me sinto flutuando para baixo de volta à terra
Seria a hora de meu renascimento?
Ou será que morri ou irei acordar de um sonho?

(A letra fala sobre o que sente uma pessoa ao ter
uma experiência de quase-morte e sair de seu corpo
físico.)

The Loneliness Of The Long Distance Runner
(Harris)

Tough of the track, with the wind
And the rain that's beating down on your back
Your heart's beating loud and goes on getting louder
And goes on even more till the sound is ringing in your head
With every step you tread, and every breath you take
Determination makes you run, never stop
Gotta win, gotta run till you drop
Keep the pace, hold the race
Your mind is getting clearer
You're over halfway there but the miles
just never seem to end as if you're in a dream
Not getting anywhere.
It seems so futile.

Run, on and on Run, on and on
The loneliness of the long distance runner

I've got to keep running the course
I've got to keep running and win at all costs
I've got to keep going, be strong
Must be so determined and push myself on

Run over stiles, across fields
Turn to look at who's on your heels
Way ahead of the field
The line is getting nearer
but do you want the glory that goes
You reach the final stretch
Ideals are just a trace
You feel like throwing the race
It's all so futile

A Solidão do Corredor de Longa Distância
(Harris)

A trilha penosa, com o vento
E a chuva que bate nas suas costas
Seu coração bate alto e vai ficando cada vez mais alto
E fica ainda mais até que o som fica soando na sua cabeça
A cada passo que você dá e a cada respiração
Determinação te faz correr, nunca parar
Precisa vencer, precisa correr até cair
Mantenha o ritmo, segure a corrida
Sua mente está ficando mais limpa
Você passou da metade, mas a distância
Parece nunca terminar como se você estivesse em um sonho
Não chegando a lugar nenhum
Isso parece tão fútil

Correr e correr, correr e correr
A solidão do corredor de longa distância

Eu tenho de manter correndo no rumo
Eu tenho de prosseguir correndo e vencer a qualquer custo
Eu tenho de continuar correndo, ser forte
Tenho de ser muito determinado e empurrar a mim mesmo

Correr sobre degraus, atravessando campos
Virar de costas para olhar quem está em seus calcanhares
No caminho à frente do campo
A chegada fica mais próxima
mas você quer a glória que virá
Você chega à linha de chegada
Ideais são apenas pistas
Você se sente como desprezando a corrida
É tudo tão fútil

(O título vem do livro de mesmo nome escrito por
Robert Heinlein.)

Stranger In a Strange Land
(Smith)

Was many years ago that I left home and came this way
I was a young man full of hopes and dreams
But now it seems to me that all is lost and nothing gained
Sometimes things ain't what they seem
No brave new world, no brave new world

Night and day I scan horizon, sea and sky
My spirit wanders endlessly
Until the day will dawn and friends from home discover why
Hear me calling, rescue me
Set me free, set me free
Lost in this place and leave no trace

Stranger in a strange land
Land of ice and snow
Trapped here in this prison
Lost and far from home

One hundred years have gone
men again they came that way
To find the answer to the mystery
They found his body lying where it fell on that day
Preserved in time for all to see

No brave new world, no brave new world
Lost in this place, to leave no trace
What became of the men that started
All are gone and souls departed
Left me here in this prison
So all alone

Estranho em uma Terra Estranha
(Smith)

Foi a muitos anos atrás que deixei meu lar e tomei este caminho
Eu era um jovem cheio de esperanças e sonhos
Mas agora me parece que tudo está perdido e nada ganho
Algumas vezes as coisas não são o que parecem
Nenhum mundo novo bravo, nenhum mundo novo bravo

Noite e dia procuro pelo horizonte, mar e céu
Meu espírito vagueia sem parar
Até que o dia nasça e os amigos de casa descubram porque
Me ouçam chamando, me salvem
Libertem-me, libertem-me
Perdido neste lugar e sem deixar vestígios

Estranho em uma terra estranha
Terra de gelo e neve
Preso aqui nesta armadilha
Perdido e longe de casa

Cem anos se passam
novamente homens vem por esse caminho
Para achar a resposta do mistério
Eles acharam seu corpo deitado onde ele caiu aquele dia
Preservado no tempo para todos verem

Sem o bravo mundo novo, sem o bravo mundo novo
perdido neste lugar, sem deixar rastros
Em que se tornaram os homens que começaram
Todos se foram e suas almas perdidas
Me deixaram nesta prisão
Tão completamente só

(Baseada na história real de uma expedição que se perdeu
a caminho do pólo norte. Os corpos foram achados anos
depois perfeitamente preservados no gelo. Adrian Smith
conheceu um dos sobreviventes e se inspirou a escrever esta
letra. O título foi tomado do livro de mesmo nome de Robert
Heinlein, que conta uma história semelhante.)

Deja-Vu
(Murray, Harris)

When you see familiar faces
But you don't remember where they're from
Could you be wrong?
When you've been particular places
That you know you've never been before
Can you be sure?
'Cause you know this has happened before
And you know that this moment in time is for real
And you know when you feel
Deja vu

Feel like I've been here before
Feel like I've been here before

Ever had a conversation
That you realise you've had before
Isn't it strange?
Have you ever talked to someone
And you feel you know what's coming next?
It feels pre-arranged
'Cause you know that you've heard it before
And you feel that this moment in time is surreal
'Cause you know when you feel
Deja Vu

Deja-Vu
(Murray, Harris)

Quando você vê faces familiares
Mas não lembra de onde elas são
Você pode estar errado
Quando você esteve em lugares particulares
Que você sabe que nunca visitou antes
Pode ter certeza?
Pois você sabe que isso aconteceu antes
E você sabe que este momento é de verdade
E você sabe quando sente
Deja Vu

Sinto como se tivesse estado aqui antes
Sinto como se tivesse estado aqui antes

Alguma vez teve uma conversa
Que você entendeu ter tido antes
Não é estranho?
Alguma vez você já falou com alguém
E sentiu que sabia o que iria acontecer?
Parece pré-arranjado
Pois você sabe que já ouviu isso antes
E você sente que este momento no tempo é surreal
Pois você sabe quando sente
Deja Vu

(Dejavu é uma expressão francesa que significa a
sensação de já ter passado antes por algum tipo
de experiência. Obviamente a música trata do tema
reencarnação, lembrar de pessoas ou lugares que
nunca foram vistos, etc.)

Alexander The Great
(Harris)

My son, ask for thyself another kingdom
For that which I leave is to small for thee

Near to the East, in a part of ancient Greece
In an ancient land called Macedonia
Was born a son to Philip of Macedon
The legend his name was Alexander

At the age of nineteen, he became the Macedon king
And swore to free all of Asia Minor
By the Aegian Sea in 334 BC
he utterly beat the armies of Persia

Alexander the Great
His name struck fear into hearts of men
Alexander the Great
Became a legend 'mongst mortal men

King Darius the third, defeated fled Persia
The Scythians fell by the river Jaxartes
Then Egypt fell to the Macedon king as well
And he founded the city called Alexandria

By the Tigris river, he met King Darius again
And crushed him again in the battle of Arbela
Entering Babylon and Susa, treasures he found
Took Persepolis, the capital of Persia

A Phrygian King had bound a chariot yoke
And Alexander cut the Gordion knot
And legend said that who untied the knot
He would become the master of Asia

Helonism he spread far and wide
The Macedonian learned mind
Their culture was a western way of life
He paved the way for Christianity

Marching on, Marching on

The battle weary marching side by side
Alexander's army line by line
They wouldn't follow him to India
Tired of the combat, pain and the glory

Alexander the Great
His name struck fear into hearts of men
Alexander the Great
He died of fever in Babylon

Alexandre O Grande
(Harris)

Meu filho, consiga para você um outro reino
Pois este que deixo é pequeno demais para você

Perto do oeste, em uma parte da antiga Grécia
Em uma terra antiga chamada Macedônia
Nasceu o filho de Felipe da Macedônia
A lenda, seu nome era Alexandre

Aos dezenove anos se tornou o rei da Macedônia
E prometeu libertar toda a Ásia Menor
Pelo mar Egeu em 334 antes de Cristo
Ele derrotou completamente os exércitos da Pérsia

Alexandre o Grande
Seu nome colocava medo no coração dos homens
Alexandre o grande
Se tornou uma lenda entre os mortais

Rei Dário III, defendeu a Pérsia vazia
Os Simérios se renderam no Rio Jaxartes
Os Egípcios sucubiram também ao rei Macedônio
E ele fundou a cidade chamada Alexandria

No rio Tigres ele encontrou novamente o rei Dário
E o esmagou de novo na batalha de Arbela
Adentrando Babilônia e Susa, tesouros ele encontrou
Tomou Persepolis, a capital da Pérsia

Um rei Frígio partiu em uma biga
E Alexandre cortou o Nó Górdio
E a lenda dizia que quem cortasse o nó
Se tornaria o governante da Ásia

Ele espalhou o Hedonismo por todos os lados
A mente ensinada da Macedônia
Sua cultura era uma maneira ocidental de vida
Ele pavimentou o caminho para o cristianismo

Marchando, marchando

A cansativa batalha, marchando lado a lado
Os exércitos de Alexandre linha a linha
Eles não o seguiriam para a Índia
Cansado do combate, dor e glória

Alexandre o Grande
Seu nome colocava medo nos corações dos homens
Alexandre o Grande
Morreu de febre na Babilônia

(Alexandre o Grande foi um general macedônio que
viveu entre 356ac e 326ac, chegando a dominar
praticamente todo o mundo conhecido naquela
época. Desenvolveu uma nova estratégia de batalha
em que os soldados eram organizados em fileiras e
armados com lanças, formando a "falange macedônica".
Os primeiros versos da canção, diz a lenda, foram as
palavras do pai de Alexandre, governante da
Macedônia, quando Alexandre conseguiu, aos
13 anos, domar um cavalo que nenhum guerreiro havia
conseguido montar.)