A casa dos grandes pensadores A casa dos grandes pensadores

| Home | Introdução | Autores | Construtor I Espaço do leitor | Fale conosco PubliqueBusca no site I

Retornar  

PINK FLOYD

 
 

TRADUÇÕES

 

 

 

Learning To Fly

The Dogs Of War

One Slip

On The Turning Away

Yet Another Movie

Round and Around

A New Machine Part 1

Terminal Frost

A New Machine Part 2

Sorrow





















 
ÁLBUM: A MOMENTARY LAPSE OF REASON
Signs Of Life (Instrumental )

 

Sinais De Vida (Instrumental )

 

 

Learning To Fly

Into the distance, a ribbon of black
Stretched to the point of no turning back
A flight of fancy on a wind swept field
Standing alone my senses reeled
A fatal attraction holding me fast, how
Can I escape this irresistible grasp?

Can't keep my eyes from the circling sky
Tongue-tied & twisted just an earth-bound misfit, I

Ice is forming on the tips of my wings
Unheeded warnings, I thought I thought of everything
No navigator to guide my way home
Unladened, empty and turned to stone

A soul in tension that's learning to fly
Condition grounded but determined to try
Can't keep my eyes from the-circling-skies
Tongue-tied & twisted just an earth-bound misfit, I

Above the planet on a wing and a prayer.
My grubby halo, a vapour trail in the empty air.
Across the clouds I see my shadow fly
Out of the corner of my watering eye
A dream unthreatened by the morning light
Could blow this soul right through the roof of the night

There's no sensation to compare with this
Suspended animation, a state of bliss
Can't keep my mind from the circling-sky
Tongue-tied & twisted just an earth-bound misfit, I

Índice

Aprendendo a Voar

Na distância, uma fita negra
Esticada ao ponto de não ter mais volta
Um vôo de fantasia sobre um campo varrido pelo vento
Ficando só, meus sentidos oscilam
Uma atração fatal me segurando firme
Como posso escapar deste pulso irresistível?

Não consigo tirar meus olhos do céu circundante
A língua presa e enrolada
Só um desajustado preso à terra, eu

Gelo está se formando nas pontas das minhas asas
Avisos não observados
Pensava que pensava em tudo
Nenhum navegador
Para guiar meu pensamento de volta para casa
Descarregado, vazio e petrificado

Uma alma em tensão que está aprendendo a voar
Condição: preso ao solo
Mas determinado a tentar
Não consigo tirar meus olhos dos céus circundantes
A língua presa e enrolada
Só um desajustado preso á terra, eu

Acima do planeta, sobre uma ala e uma prece
Minha aura suja e grudenta, uma trilha de vapor no ar Através das nuvens vejo minha sombra voar
Do canto de meu olho lacrimoso
Um sonho não ameaçado pela luz da manhã
Poderia carregar esta alma
Direto através do telhado da noite

Não há sensação para comparar com esta
Animação suspensa, um estado de bênção
Não posso tirar minha mente do céu circundante
A língua presa e enrolada
Só um desajustado preso à terra, eu.

 

 

The Dogs Of War

Dogs of War and men of hate
With no cause, we don't discriminate
Discovery is to be disowned
Our currency is flesh and bone
Hell opened up and put on sale
Gather round and haggle
For hard cash, we will lie and deceive
Even our masters don't know the webs we weave

One World, it's a battleground
One World, and we will smash it down
One World... One World

Invisible transfers, log distance calls,
Hollow laughter in marble halls
Steps have been taken, a silent uproar
Has unleashed the dogs of war
You can't stop what has begun
Signed, sealed, they deliver oblivion
We all have a dark side, to say the least
And dealing in death is the nature of the beast

One World, it's a battleground
One World, and they smash it down
One World... One World...

The Dogs of War don't negotiate
The Dogs of War won't capitulate
They will take and you will give
And you must die so that they may live
You can knock at any door,
But wherever you go, you know they've been there before
Well winners can lose and things can get strained
But whatever you change, you know the dogs remain

One World, it's a battleground
One World are we going to smash it down?
One World...One World... 

 

 

 

Índice

Os Cães de Guerra

Nós não sabemos quem são os cães de guerra
E os homens do terror gratuito
E nem queremos saber
Nossa moeda são a carne e os ossos
O inferno foi aberto e posto a venda
E nós estamos economizando e pechinchando para compra-lo
Por um bom dinheiro nós mentimos e enganamos,
Até nossos mestres não sabem o que estamos aprontando.

Um mundo, é um campo de batalha
Um mundo, e nós iremos destruí-lo
Um mundo... um mundo...

Transferências invisíveis, chamadas de longa distância,
Risadas vazias em salas de mármore.
As providências foram tomadas, uma silenciosa tramóia
Liberou os cães de guerra.
Não se pode parar o que começou,
Está assinado e selado, eles vão espalhar o esquecimento
Todos nós temos um lado escuro
E negociar a morte é a natureza das feras

Um mundo, é um campo de batalha
Um mundo, e eles estão o destruindo
Um mundo... um mundo...

Os cães da guerra não negociam
Os cães da guerra não se arrependem
Eles vão pegar e você vai entregar
Você deve morrer enquanto eles podem viver
Você não tem saída,
Seja lá onde for você sabe que eles já estiveram lá antes
Bem, tudo pode mudar e as coisas ficarem diferentes,
Mas por mais que tudo mude, os cães de guerra sobreviverão

Um mundo, é um campo de batalha
Um mundo, será que vamos acabar com ele?
Um mundo... um mundo...

 

One Slip

A restless eye across a weary room
A glazed look and I was on the road to ruin
The music played and played as we whirled without end
No hint, no word her honour to defend

I will I will she sighed to my request
And then she tossed her mane while
my resolve was put to the test
the drowned in desire, our souls on fire
I led the way to the funeral pyre
And without a thought of the consequence
I gave in to my decadence

One slip, and down the hole we fall
It seems to take no time at all
A momentary lapse of reason
That binds a life for life
A small regret, you won't forget.
There'll be no sleep in here tonight

Was it love, or was it the idea of being in love?
Or was it the hand of fate, that seemed to fit just like a glove?
The moment slipped by and soon the seeds were sown
The year grew late and neither one wanted to remain alone

One slip, and down the hole we fall
It seems to take no time at all
A momentary lapse of reason
That binds a life to a life
The one regret, you will never forget.
There'll be no sleep in here tonight
One slip... One slip...

Índice

Um Deslize

Um olho inquieto percorre um quarto
Um olhar vidrado e eu estava na estrada para arruinar
a música tocada, e tocada como se nós girássemos sem fim
sem sugestão, sem palavra para defender a sua honra

Eu quero, eu quero que ela atenda ao meu pedido
e então sacudiu sua crina enquanto minha proposta era colocada
em teste
Assim, afogados em desejo, nossas almas em fogo
Eu sigo o caminho para a tocha do funeral
e, sem idéia da conseqüência,
eu dei pela minha decadência

Um deslize, e nós caímos dentro do buraco
Parece não levar tempo algum
Um lapso momentâneo de razão
que liga uma vida a outra
Um pequeno arrependimento que você não esquecerá
Não haverá sono aqui esta noite

Foi amor, ou isso foi a idéia de estar apaixonado?
Ou isso foi a mão do destino que ajustou-se para servir
como uma luva?
O momento foi-se e logo as sementes seriam semeadas
O ano começou atrasado e ninguém quis permanecer sozinho

Um deslize, e nós caímos dentro do buraco
Parece não levar tempo algum
Um lapso momentâneo de razão
que liga uma vida a outra
O único arrependimento que você nunca esquecerá
Não haverá sono aqui esta noite
Um deslize ... um deslize

 

On The Turning Away

On the turning away
From the pale and downtrodden
And the words they say,
Which we won't understand
Don't accept that what's happening
Is just a case of others's suffering
Or you'll find that you're joining in the turning away

It's a sin that somehow
Light is changing to shadow
And casting it's shroud
Over all we have known
Unaware how the ranks have grown
Driven on by a heart of stone
We could find that we're all alone
In the dream of the proud

On the wings of the night
As the daytime is stirring
Where the speechless unite
In a silent accord
Using words you will find are strange
And mesmerised as they light the flame
Feel the new wind of change
On the wings of the night

No more turning away
From the weak and the weary
No more turning away
From the coldness inside
Just a world that we all must share
It's not enough just to stand and stare
Is it only a dream that there'll be
No more turning away?

 

 

Índice

No Caminho da Rejeição

No caminho da rejeição
Dos empalidecidos e oprimidos
E das palavras que dizem
As quais não entenderemos
Não aceite que o que está acontecendo
É apenas um caso de sofrimento alheio
Ou você descobrirá que você está se juntando
Ao afastamento"

É um pecado que, de alguma forma
A luz está transformando-se em sombra
E deitando sua mortalha
Sobre tudo que conhecemos
Desatentos para o modo como as fileiras cresceram
Dirigidas por um coração de pedra
Poderíamos descobrir que estamos sós
No sonho dos orgulhosos

Nas asas da noite
Enquanto o dia desperta
Onde os afásicos se unem
Em um acordo silencioso
Usando palavras que vocês acharão estranhas
E hipnotizados enquanto acendem a chama
Sinta o novo vento da mudança
Nas asas da noite

Chega de rejeição,
Dos fracos e cansados
Chega de rejeição,
Da frieza no interior
Apenas um mundo que todos devemos compartilhar
Não é suficiente apenas ficar em pé e esperar
Será que é somente um sonho que não haverá
Mais rejeição?


 

Yet Another Movie

One sound, one single sound
One kiss, one single kiss
A face outside the window pane
However did it come to this?

A man who ran, a child who cried
A girl who heard, a voice that lied
The sun that burned a fiery red
The vision of an empty bed

The use of force, he was so tough
She'll soon submit, she's had enough
The march of fate, the broken will
Someone is lying very still

He has laughed and he has cried
He has fought and he has died
He's just the same as all the rest,
He's not the worst, he's not the best

And still this ceaseless murmuring,
The babbling that I brook
The seas of faces, eyes upraised
The empty screen, the vacant look

A man in black on a snow white horse
A pointless life has runt its course
The red rimmed eyes, the tears still run,
As he fades into the setting sun

 

Índice

Ainda Outro Filme

Um som, um simples som
Um beijo, um simples beijo
um rosto na vidraça
Como chegamos a esse ponto?

Um homem que corre, uma criança que chora
Uma garota que ouve, uma vez que mente
Um sol vermelho que nasce brilhando
A visão de uma cama vazia

O uso da força, ele é tão forte
Ela vai se entregar, vá teve o bastante
A marcha do destino, a vontade desfeita
Alguém está mentindo muito

Ele da risada e ele chora
Ele luta e ele morre
Ele não é pior, ele não é o melhor

E continua o murmúrio incessante,
A conversa contínua
Mares de faces, olhos revoltados
O cenário vazio, o olhar vazio

Um homem de preto em um cavalo branco
Uma vida sem sentido segue o seu curso
Os olhos avermelhados, as lágrimas ainda correm,
Enquanto ele definha ao pôr-do-sol

 

Round and Around (Instrumental ) Girando em Círculos (Instrumental )



 

A New Machine Part 1

I have always been here
I have always looked out from behind these eyes, it feels like more than a lifetime
Feels like more than a lifetime

Sometimes I get tired of the waiting,
Sometimes I get tired of being in here
Is this the way it has always been?
Could it ever have been different ?

Do you ever get tired of the waiting?
Do you ever get tired of being in there ?
Don't worry, nobody lives forever
Nobody lives forever

Índice

Uma Máquina Nova - Parte 1

Eu sempre estive aqui
Eu sempre sempre enxerguei através destes olhos, parece que por mais tempo do que uma vida inteira
Parece que por mais tempo do que uma vida inteira

As vezes fico cansado de esperar
As vezes fico cansado de ficar aqui
É deste jeito que as coisas devem ser?
Não podiam ser diferentes ?

Você está sempre cansado de esperar?
Você está sempre cansado de ficar aí ?
Não se preocupe, ninguem vive para sempre
Ninguem vive para sempre

 

Terminal Frost (Instrumental ) Ferida Incurável (Instrumental )

 

A New Machine Part 2

I will always be here
I will always look out form behind these eyes
It's only a lifetime
It's only a lifetime

Índice

Uma Máquina Nova - Parte 2

Eu sempre estarei aqui
Eu sempre enxergarei através destes olhos
É apenas a duração de uma vida
É apenas a duração de uma vida


 

Sorrow

The sweet smell of a great sorrow lies over the land
Plumes of smoke rise and merge into the leaden sky:
A man lies and dreams of green fields and rivers.
But awakes to a morning with no reason for waking

He's haunted by the memory of a lost paradise
In his youth or a dream, he can't be precise
He's chained forever to a world that's departed
It's not enough, it's not enough

His blood has frozen & curdled with fright
His knees have trembled & given way in the night
His hand has weakened at the moment of truth
His step has faltered

One world, one soul.
Time pass, the river roll

And he talks to the river of lost love and dedication
And silent replies that swirl invitation
Flow dark and troubled to an oily sea
A grim intimation of what is to be

There's an unceasing wind that blows though this night
And there's dust in my eyes, that blinds my sight
And silence that speaks so much louder than words,
Of promises broken

 

Índice       

Tristeza

O cheiro doce da grande mágoa jaz sobre a terra
Nuvens de fumaça elevam-se e misturam-se no céu carregado
Um homem deita e sonha com campos verdes e rios
Mas desperta numa manhã sem razão para despertar

Ele é caçado pela memória de um paraíso perdido
Na sua juventude, ou um sonho em que ele não pode ser preciso
Ele está escravizado para sempre em um mundo que está acabado
Não é o bastante, não é o bastante

Seu sangue congelou e coagulou num instante
Seus joelhos tremiam e se afastavam à noite
Sua mão enfraqueceu na hora da verdade
Seu passo vacilou

Um mundo, uma alma
O tempo passa, o rio corre

E ele fala com o rio de amor perdido e dedicação
E o silêncio responde que aquele convite fulgás
Flui escuro e problemático para um mar oleoso
Uma sugestão inflexível do que deve ser

Há um vento incessante que sopra nesta noite
E há poeira nos meus olhos que oculta minha visão
E o silêncio fala mais rude do que palavras de promessas quebradas

 

                                  Retornar