Paralerepensar - Perfil

 Paralerepensar - Perfil
 


A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal | Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |

 

Autores
 
verbena Lima (verbena)
Página do autor: www.paralerepensar.com.br/verbenaima
Publicações
Contato com autor(a)
 
Perfil

Conhecimento próprio X conquistas.



Nada liberta mais que o CONHECIMENTO PRÓPRIO , porque através dele aprendemos a nos defender e a não sermos manipulados, uma vez que de nada adianta temos coragem e sustento se não temos conhecimento de si mesmo.
Nada é mais instigante, num ato de coragem do que sentir o medo de uma possível derrota. O guerreiro usa sua arma mas também o escudo para sua proteção.É sempre bom ter-se conhecimento de onde se quer chegar porque ,das nossas atitudes depende nossa vitória, depende a construção da nossa cidadania.
Acho que devido ao mundo ter se tornado tão competitivo e violento, onde apenas os fortes (ou violentos) sobrevivem, graças ao trabalho e omissão dos que se acham fracos, criou-se uma consciência, onde a impetuosidade, a razão, a ação ficam muito evidenciados.
Lógico que temos de ter essas qualidades, mas falta a sensibilidade,a receptividade, a candura, o sonho de igualdade, a necessidade de proteção.Logo, o ser deixa de valer como cidadão coletivo, para valer apenas como ser individualista, consumidor, cliente.
Onde fica o “um por todos e todos por um”, fica centrado em “cada um por si e Deus por todos”?
Tem gente que não consegue entender que o prazer precisa ser a regra e não a exceção. Habituam-se a não precisarem gostar de si e muito menos a exigir alguém mais amável, fiel, amigo e carinhoso,até porque não há nutrição de amizade e calor humano.
Felicidade e liberdade não são dádivas, são conquistas. Cabe a nós “agenda-las” para que se incorporem ao nosso cotidiano.
A história não é feita por heróis mas por homens e mulheres comuns que escrevem na luta cotidiana, Portanto não devemos permitir que nos tratem como latifúndio que produz apenas o que o outro quer.
Reflitamos sobre isso!

Verbena Lima