Paralerepensar - Perfil

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal | Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |

 
Autores
 
Moisés Dias (Mozart)
Página do autor: www.paralerepensar.com.br/mozart
Publicações
Contato com autor(a)
 
Perfil

Moisés Dias, nascido em 18 de setembro de 1957, em Montes Claros, Minas Gerais. Moro em Guarulhos, São Paulo, desde 01 de dezembro de 1.976. Economista, vendedor especializado em produtos siderúrgicos. Tenho 2 filhos e uma filha. Casado. Amo escrever. Amo ler. Tenho poucos amigos, mas os que tenho são 100%. Talvez Eu não faça mais o mundo de muitas pessoas assim como muitas deixaram de fazer o meu. Mas... O que fazer não é mesmo? Nesses meus anos passados Eu construí muitas coisas mas também destruí várias outras. Isso não faz de mim um herói nem um mártir, muito menos um arrogante ou um coitado. Mas... Com certeza faz de mim um Ser normal capaz de praticar os atos mais simbólicos, românticos, bizarros, desastrosos, loucos, incompreensíveis e, acreditem, os mais lindos e possíveis que um Ser humano pode fazer. Isso faz de mim uma pessoa. Uma pessoa que acerta e erra como todos os outros, e que, portanto, é pré julgado e julgado. Mas que, torce para que o tempo conserte as coisas, as falhas, e, é claro, mostre o quanto também tenho de atos a meu favor. Sinto a falta de um amigo especial, de algumas vidas que para mim é a continuidade de minha espécie, de um " alô" que muitas vezes ouvi, de palavras como " e aí? tudo bem ? ", Como você está? Tem sentido a minha falta? E Eu? Faço falta para você?
Mas... Tudo bem! A vida continua. Assim como as amizades, as faltas dessas amizades, as pessoas que se foram sem ao menos dar um " até logo", mas que, deram lugar a outras que disseram: posso participar da sua vida? Sinto falta das pessoas estrelas que hoje são meteoros relâmpagos... De pessoas Sol que brilharam e fizeram em minha vida ver com muita intensidade o que Eu queria e fazia. De pessoas que por um longo tempo me doei mas que hoje sequer lembram de mim. De pessoas que só conheci após uma brusca mudança de tempo, espaço, poder e partilha. Enfim! Hoje, Sou alguém que ama intensamente esposa, filhos e alguns poucos amigos e amigas, mas que acima de tudo, não espera a glória por ser o que Sou. Sou assim mesmo, quieto, sério, amoroso, e, acima de tudo, extremamente sensível aos sentimentos que envolvem os seres humanos.