A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Albertino Fernandes Neto
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Poesia
 
POSSUIR
Por: Albertino Fernandes Neto


Luto a luta que por mim se abate
Freio o tempo que me lança em alcovas
O peito premido malgrado essas dores
Minando outra noite em tempos de trova

Surgindo molhado, partindo inclemente
Varando a mundos obscuros deveras
Galgando caminhos ocultos talvez
Leve qual puma veloz qual gazela

Tendo em mente apenas tua alma
Buscar teu semblante adivinhar o teu ser
Ver-te em faróis a brilhar os teus olhos
Tentar entre a carne o buscar do prazer

Escolher esta forma a fundir em domínio
Encharcar de afagos este teu corpo mordaz
Devorar-te os sonhos imaginá-los reais
Encilhar-te qual besta cavalgar-te tenaz

Albertino Fernandes ( Pensa-me)

www.paralerepensar.com.br

 Comente este texto


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: JKTH (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.