A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Bruno Silva de Carvalho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Crônica
 
Como é o rosto de Deus?
Por: Bruno Silva de Carvalho

Em certa sexta-feira, Pedro, um garotinho muito esperto chegou em casa quase na hora do almoço e disse a seu pai: __ Sabe, pai, hoje na aula de filosofia perguntei a meu professor como o universo tinha surgido. Logo, meu professor respondeu que houve uma grande explosão, daí em diante todas as coisas foram aparecendo__ disse Pedro.
__ Por outro lado seu pai que era muito humilde e de família simples, replicou__ É meu filho, às vezes fico me perguntando o que existia antes dessa tal grande explosão. Como pode o nada surgir do nada?__ perguntou o garoto.
Seu pai tentou descobrir uma resposta lógica e disse __ Talvez tenha sido Deus quem fez tudo. O garoto que não era bobo também disse __ Pois é pai, domingo estive na missa e o padre tentou explicar isso com umas palavras difíceis que eu não entendi quase nada, ele falava em teologia, criacionismo e um monte de coisas mais__ disse o garoto.
Seu Zé se encontrava cada vez mais apertado diante das perguntas do filho e respondeu __ Ontem de manhã quando fui trabalhar, no momento que eu estava passando por aqueles morros eu vi Deus. Pedro, muito curioso, perguntou __ Como era ele? Seu pai logo se colocou a dizer __ Era bonito, porém, pelo horário ainda um pouco modesto. No dia seguinte não tinha aula e Pedro levantou-se bem cedo e colocou-se na estrada rumo às montanhas para avistar Deus, chegando lá tudo o que viu foi apenas a lavoura e a estrada de terra batida à sua frente. Chegando em casa totalmente desapontado perguntou a seu pai__ Como o senhor conseguiu encontrar-se com ele? Fui até lá e não vi nada! Seu pai respondeu-lhe__ Talvez você não tenha olhado direito, me diga__ perguntou o pai__ Quando você estava voltando, o que viu pelo caminho? O garoto respondeu__ Ah, nada de mais, apenas muitas plantas e o sol que se elevava no céu aos poucos.
Após alguns dias seu pai tocou novamente no assunto e disse __ Hoje, vi Deus novamente. Seu filho muito animado quis saber onde. Seu pai disse-lhe__ lá no jardim. Logo, o garoto respondeu-lhe ___ mas aqui só tem plantas árvores e nada de mais. Seu pai sorriu e disse__ Pois é, quando te disse que vi Deus quando estava indo trabalhar, me referia à natureza que desabrochava naquela bela manhã. Quando te disse que vi Deus no jardim me referia à relva que crescia e às folhas que caíam.
O garoto, então disse__ Agora tenho uma resposta melhor que a do padre e do professor de filosofia, quando me perguntarem sobre Deus, responderei que Ele é uma pequena parte latente em cada um de nós, esperando apenas uma chance para se manifestar e mostrar toda sua beleza e esplendor.


Caro leitor:
Quem você acha que é Deus?
Como encontrar Deus em nosso dia-a-dia?

Por favor, mandem respostas classificando meus textos: [email protected]

 Comente este texto


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: PTCD (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.