A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Artigo
 
Um monstro chamado "TEMPO"
Por: Cristian Haese

A maior parte do tempo útil de nossa existência é gasta com coisas que permitimos serem introduzidas em nossa vida com o "forceps" da conivência e da incoerência. Aprendemos a valorizar exatamente aquilo que aprendemos a amar e vamos com isso fazendo escolhas.

Interessante notar como existem pessoas que correm constantemente em busca de conseguir obter mais e mais bens, dinheiro, status, posição, respeito e admiração das pessoas que as rodeiam. Até que um dia um diagnóstico de câncer ou um acidente, ou ainda a perda de alguém próximo e querido muda toda a ótica em relação a vida.

Se formos pensar fria e sinceramente no tempo e na maneira que usamos nosso tempo vamos ter que ser sinceros em admitir que damos o nosso melhor para a carreira, para a correria e para a busca alucinante pelo sucesso e aqueles que mais nos amam e que nós também afirmamos com todas as letras serem as pessoas mais importantes para nós vão ficado nas arquibancadas da vida assistindo o nosso jogo medíocre de vida, contentando-se com as migalhas de nosso pouco tempo, disposição, alegria e afeto.

Com muita facilidade e por uma questão de sobrevivência ficamos até bem mais tarde no trabalho afim de atender à ordem de um chefe que nos dá um batalhão de serviços extras. E aceitamos ficar depois do horário porque entendemos que o nosso chefe irá nos admirar e certamente nos promoverá a uma função de maior responsabilidade e com um aumento significativo no salário. O ser humano é capaz de ficar horas e horas diante de um computador distraindo-se com suas navegações virtuais em busca de envolvimento com um mundo onde não há limites para as escollhas sobre os caminhos por onde se quer percorrer. O homem é capaz de arrumar, enfim, tempo para fazer exatamente tudo aquilo que ele julga ter valor naquele momento.

Eis o problema! Vivemos numa época em que "o momento" é muito importante e a reflexão sobre as consequências dificilmente consegue motivar o homem pós moderno a mudar de atitude e dar valor ao tempo com a dimensão que ele merece.

Você é casado(a)? Você tem filhos? Pois então compreenda o que vou lhe dizer agora: se tudo der errado para você fora do teu lar, ou seja, se teu chefe não reconhecer os talentos e habilidades que você tem e te mandar embora, se os amigos se mostrarem não tão amigos assim, se um resultado de um exame médico te mostrar as reais perspectivas de tempo útil que te resta e você se sentir desesperado ao olhar para o pouco ou quase nada que foi construído em tua caminhada, saiba que o tempo é um grande monstro!

Não temos controle sobre o tempo! Ele passa e deixa em nossa vida as inevitáveis e cruéis estampas. Seja no aspecto físico, mental, espiritual e/ou social. O tempo passa para todos nós. Por isso tenha consciência de que a família é o único e grande bem que, de fato, temos e devemos valorizá-la!

O teu chefe de trabalho e os pseudo-amigos e trabalho, futebol ou barzinho certamente não irão dar remédio, trocar fraldas e levá-lo para o hospital quando você não "servir" mais para ser "amigo" ou "funcionário" deles. Ame teu cônjuge e teus filhos hoje! Construa uma história de afetividade, cumplicidade e amizade hoje, enquanto você está bem e ainda tem o melhor de tua disposição, alegria e vigor para dividir com eles.

O tempo irá passar. Os filhos crescerão e irão construir a história deles. Restará você e a pessoa com quem você se casou! A felicidade de amanhã se constrói hoje! O tempo, repito, é um monstro! E não dá para enfrentá-lo sozinho.

Pense nisso! Tenha atitude e reveja a maneira como tens dedicado o teu tempo aos que realmente valem a pena!

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: cWKD (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.