A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Albertino Fernandes Neto
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Poesia
 
AGONIA
Por: Albertino Fernandes Neto

Adeus amada,
Leva contigo o amor que comigo habita,
O calor que não pude contigo repartir,
Esta dor que me confunde a alma,
E os desejos que não tiveram tempo de florir.

Adeus amada,
Leva contigo minha inspiração de poeta.
Tu que me ajudastes a construir frases,
a juntar palavras,
Leva contigo esta vontade de poetizar,
Que me morre com a rima inacabada
e os temas emudecidos.

Adeus amada,
São tantas coisas que se vão contigo,
São tantas que ficarão por fazer,
Que se for cobrado amanhã,
Por ter esmorecido minha poesia
E assassinado os meus versos,
A ti caberá também este infortúnio...
O ter calado o poeta.

Albertino Fernandes (Pensa-me)

www.paralerepensar.com.br
E-mail: [email protected]

 Comente este texto


Comentário (1)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: egIB (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.