Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Artigo
 
SUS: Homicídio Culposo ou Homicídio Doloso?
Por: Jonas Vieira da Costa

Qual é o quadro do Sistema Único de Saúde hoje? Está em estado terminal? Por que esse caos da saúde pública?Perguntas simples e com respostas simples também. É claro que não é a falta de recursos, muito pelo contrário, o que não falta para esse mega país são recursos para aplicar em todo e qualquer setor, mas se temos recursos, qual é o problema então? O mau gerenciamento dos recursos, fruto dos altos tributos pagos pela sociedade.
Em se tratando da saúde é latente a falta de respeito com o povo e também o mau uso da arrecadação. Recurso mal gerido na saúde é sinônimo de falta de leitos, falta de remédios, pacientes nos corredores, espera de consultas que podem demorar anos, carência de profissionais nas diversas áreas da saúde e lamentavelmente a grande conseqüência da falta de seriedade com os recursos deste país na área da saúde é de sofrimento e de morte. Com certeza a hecatombe na saúde provoca muitos danos. Quem é o culpado? Quem é o culpado pelo sofrimento destes e também pela morte, visto que muitas mortes poderiam e podem ser evitadas, bastando mais comprometimento das autoridades. A sociedade brasileira paga uma carga tributária faraônica e recebe migalhas em troca. Já passou da hora de investir maciçamente na medicina preventiva, essa prevenção significa esperança para amenizar o grande sofrimento do povo. A medicina preventiva tem um custo menor que a medicina curativa, ela por si só não resolve o problema da saúde pública do país, porém é possível economizar em recursos e oferecer à sociedade uma saúde digna dos altos impostos que paga. É inconcebível para um país de grande extensão territorial que está entre as 10 melhores economias do mundo com um elevado PIB agir com desrespeito e descaso com o povo. Levando em conta os aspectos econômicos o Brasil vai muito bem, o risco Brasil, grau que mede o perigo de investimentos de outros países no Brasil está em queda, o Brasil é visto com bons olhos pelos investidores estrangeiros, mas isso não basta, mais do que diminuir o risco Brasil temos que diminuir o risco de morte do povo do Brasil, voltar os olhos para os filhos desta nação se faz mais que necessário.
Que tal uma injeção de coragem, ânimo e ousadia para estes que administram os recursos desse país? Basta de humilhação, basta de corrupção nos meios governamentais, basta de desvios de recursos públicos. Queremos o fim dos poucos que se deleitam no banquete do poder, enquanto a grande maioria agoniza a espera de dias melhores.
O povo brasileiro, não quer muito, só quer aquilo que lhe é de direito, além de direito da sociedade, essa sociedade paga e muito bem para ter acesso a melhores serviços na saúde. Basta de parcos recursos. Uma verdade é clara e ela não quer se calar, com ou sem intenção o SUS está ceifando vidas. Quando vai chegar o crepúsculo deste sofrimento? Que este sofrimento chegue ao fim, para diminuir não só a lista dos pontos negativos que permeiam a saúde pública do país, mas que acima de tudo diminua outra lista. A lista de óbito do povo desta nação.

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: CKJP (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.