A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Esporte
 
REI
Por: Emerson


Todos quando crianças sonharam com a vida e com que ela pode se torna no futuro.
É claro que depois de alguns anos desde os primeiros Brasileiros a praticar futebol na Europa, muito não imaginaria que GRANDE negocio se tornaria o Futebol.
Muitas frases existiam:
SE VOCÊ NÃO ESTUDAR, NÃO VAI SER NINGUÉM!
E quem foi que disse que futebol enche barriga, bom enche barriga de muitaaaa gente, as crianças se espelham em astros Mundiais no Mundo do futebol e todos já querem ter alguma habilidade, para quando precisar já sabe o que fazer é o excesso de confiança.
É tentador, quem nunca sonhou em jogar futebol nos times de maiores expressões, qual o problema em parar de estudar e ser um grande jogador de futebol o tempo que seria perdido estudando, se ganharia em pouco menos de 5 ou 10 anos.
Não se tratando de um jogador especificamente, mas se tratando de bom senso com a formação do profissional o que ele representara, para outras crianças ou até mesmo para seus próprios filhos.
E percebemos que a habilidade tanto almejada foi alcançada, trabalhou o músculo o tríceps a panturrilha agilidade e esqueceu a mente.
Um caminho mais rápido para a fama e carros de luxo, apartamentos glamorosos e que às vezes terminam tudo de forma prematura.
Futebol é uma arte que pode perde a graça se não tiverem cuidado com o que dizer ou fazer fora do ambiente.
Tudo na vida é momento e quando menos percebemos o final esta próximo e não custa nada remediar e se precaver dos erros infantis.
Os jovens têm que saber o valor e a necessidade não esbanjar autoritarismo por aí, achando que pode fazer o que quiser aí quem sabe podemos ter mais exemplos de vida conscientes.
Todos sabem que a vida no futebol é curtíssima exige muito fisicamente, e se você não se preparar com amor, fica difícil prolongar se no futebol.
Uns pais que paga uma mixaria de salário mínimo, com escassez na saúde e falta de moradia e outros problemas ridículo, paga um absurdo para jovens praticar o esporte.
É o velho ditado você dá uma balinha, amanhã quer um doce e quando menos imaginar você não tem condições de pagar o dentista.





 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: eXUG (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.