Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 

E-mail:
Senha
       
        Cadastre-se
Esqueci minha senha
Homepage
Pensadores
Lazer e informação
Citações
Textos Fantásticos
Poemando
Provérbios
Estatuto do poeta
Peão diz cada uma!
Bíblicos
Contos e poemas de Natal
Básico de violão
Livrarias
Informática
Artes
Jornais
Revistas
Música
Televisão
Infantil

MUSIPOEMA

MUSIPOEMA
A HISTÓRIA DO ROCK IN ROLL
SER MÃE
AMIGO É...
AMAR É...
 

 

Busca

 
 
 

 

 
Crônica
 
CLIMACOFOBIA
Por: Luiz Carlos Morete

CLIMACOFOBIA



A noticia caiu como uma bomba no condomínio, e começou a se espalhar através do porteiro que foi quem recebeu a novidade.
- Seu José, o senhor soube da última? – perguntou o porteiro.
- Não, o que foi que aconteceu?
- Olhe este papel.
Ele pegou o que parecia ser uma carta e leu.
- Tem certeza? O do 813?
- Sim, o Fernando.
- Climacofobia? O que será isso? Será que é grave?
- Ouvi dizer que é e não tem cura.
- É contagioso? Precisamos verificar.
Nisso foram chegando outros condôminos que foram ficando a par da situação.
- È grave! – concordaram todos.
- E o Fernando está viajando. O que vamos fazer?
- Vamos marcar uma reunião com o pessoal. – disse um.
- Uma reunião de condomínio só para isso? Deve haver outro jeito.
A confusão estava formada. O assunto pegou todos de surpresa que nem se incomodaram de pesquisar para ver do que se tratava.
- E quando o Fernando chega?
- Amanhã.
- Então vamos esperar para ver o que ele tem a dizer. Se é que vai dizer alguma coisa.
O caso é que aquela estranha palavra ficou no pensamento de todos, que mais uma vez nem quiseram ter o trabalho de ver o que era..
No dia seguinte, pela manhãzinha, Fernando chegou. Ao adentrar ao edifício estranhou o pessoal ali reunido, falando baixinho. Mas não deu bola, e foi conversar com o porteiro.
- Valdir, alguma correspondência para mim?
- Sim seu Fernando. Estão todas aqui. – e entregou-as.
Fernando notou e ficou cismado.
- Usando luvas, Valdir?
- È seu Fernando, novas normas.
Percebeu que ele estava mentindo. “O que será que está acontecendo?” – pensou.
Pegou a correspondência e subiu ao apartamento, mas não conseguiu parar de pensar. Voltou ao térreo e viu o pessoal conversando com o Valdir.
Fernando se aproximou e viu que todos iam se afastando de modo estranho. Resolveu ir logo ver o que estava pegando.
- Bom pessoal. Estava viajando e quando chego aqui todos estão agindo de modo estranho comigo. Posso saber o que é?
- Não é nada, seu Fernando. – disse um.
- Nada uma ova! Vão se explicando, por favor.
Valdir tomou a frente.
- O que acontece é o seguinte: colocaram este papel na minha mesa e... veja o senhor.
Pegou papel e leu.
- Vocês estão de brincadeira comigo. É isso? E pensaram que era uma doença contagiosa? Não tiveram nem o trabalho de pesquisar? Francamente é o fim da picada!
- Não é contagiosa não? Tem certeza?
- Vou explicar para vocês o que é. Climacofobia simplesmente é ter medo de escadas e de subir nelas. É um problema que eu tenho desde criança e que estou resolvendo.
- Então é por isso que o senhor nunca subiu pela escada do prédio?
- É isso mesmo Valdir. Que vergonha! Não podiam ter perguntado para alguém explicar isso?
Todos estavam envergonhados e foram se retirando um a um, para cuidarem de suas vidas.
- Valdir, e para provar que estou curado vou pelas escadas ao meu apartamento.
E subiu.
Ao abrir a porta e entrar comentou:
-Ainda bem que é no primeiro andar!



28/3/2011



 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: XYTC (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.