A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Railda Masson Cardozo
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Prosa
 
GUARDA, EU AINDA VOU BUSCAR
Por: Railda Masson Cardozo

Quarda todas as cartas,
que pensou em responder.
Tal qual os fuzileiros faziam
uma a uma envoltas em fitas.

Rascunhadas, rabiscadas à pena,
soterradas em jarros de barro.
Um dia quando eu for livre
vou saber se fui correspondida.

Guarda-as todas enumeradas
com datas delineadas,
como novela de folhetim
lacradas com cera perfumada.

Quando chegarmos no futuro,
nao haverá muito a trabalhar,
nem um pouco para sonhar.
Restará apenas ler e divagar.

Deixe as missivas na mesa,
no canto onde se deitas
para que eu logo reconheça
sua letra no remetente.

Fale-me que não fui casual
que fugiu por medo de amar
quem te amou loucamente
desistida de apenas sonhar.

Conte me tudo, da saudade
que doia em você dia a dia.
Do tormento de não ser meu
e de não ter me pertencido.

Reclame da chuva que perdemos
dos dias de sol que não vivemos,
dos campos que não visitamos e
da alegria que não conhecemos.

Quarda todas as cartas minhas
e não as deslize na gaveta,
alegando ser tarde demais.
Quarda, eu ainda vou buscar.

 Comente este texto



Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: ZCEI (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.