A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Mirna Cavalcanti de Albuquerque Pinto da Cunha
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Poesia
 
Há pessoas que muito amei…
Por: Mirna Cavalcanti de Albuquerque Pinto da Cunha



AnteScriptum

Esta é uma pequena poesia sobre as pessoas que fizeram a diferença positiva em minha vida. Fizeram de mim quem hoje sou. Foram amigos queridos. Alguns, conheci-os na infância, outros na adolescência, outros ainda quando cheguei à idade adulta. Cada um deles influiu sobre meu ser , enriquecendo-o com sua experiência e saber.

Incentivavam-me, auxiliavam-me, ensinavam-me … Consolavam-me quando triste e mostravam-me que esse sentimento não duraria para sempre . Quando alegre, riam comigo e me diziam que muitas mais alegrias ainda estavam por acontecer…

Acreditavam em mim- no que poderia ser. Penso que a todos desapontei, pois não segui o que esperavam me tornasse (pianista, magistrada, diplomata…). Poderia ter sido tudo isso, eles sabiam que eu poderia. E muito se esforçaram para que tal ocorresse. Decidi seguir outro caminho. Penso ter errado – deveria ter ouvido os conselhos dos meus mestres… mas não me arrependo do que escolhi, pois se o fiz – ‘era para ser’… No entanto, se há algo que me entristece é não ter correspondido às suas expectativas e incontida dedicação. Agradeço de joelhos a Deus, por ter permitido – (ou enviado?) essas criaturas tão maravilhosas a caminhar comigo na estrada da vida: seres humanos únicos.

Que me perdoem, peço-lhes contrita. A todas amei e a todas tenho no coração para sempre. Não há um só dia que passe sem que me lembre delas com saudade. Não há um só dia em que suas palavras não ecoem na memória afetiva de meu ser. Não há um só dia em que deixe de orar por suas almas…

Mirna Cavalcanti.



“Levas contigo uma saudade minha, fica comigo uma saudade tua“. Alceu Wamosy



Há pessoas que muito amei

e que muito me amaram:

já partiram. Sua ausência

é dor que será sempre sentida.

São seres que me exalçaram a vida.




Mirna Cavalcanti de Albuquerque Rio de Janeiro, 03 de Junho de 2013.

 Comente este texto


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: LZWg (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.