A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poesia
 
Silêncio
Por: Ângela Farias

Posso falar em silêncio porque dele abasteço a voz
A voz que cala e não me deixa mudo, nem me tira o saber
Portanto, preciso dizer o que penso, o que me faz viver
Porque nas mãos sustento a alma do meu precioso Ser...

Meu silêncio pode ser ouvido, com a voz do meu pensamento
Se me disser o que preciso, me faço também entender
É da luz do meu silêncio que me chegam as longas palavras
Porquanto usarei as minhas mãos para me fazer compreender

Meu som é lindo e normal, tão puro quanto a voz de quem fala
No silêncio ouço todas as vozes, de Deus e dos meus irmãos
Dos meus mestres, meus pais companheiros de tanta emoção
Que silenciosamente, fortalece o meu coração

 Comente este texto
 

Comentário (1)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: IEKM (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.