A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poema
 
POEMA MACABRO
Por: Rosalina Herai

POEMA MACABRO

Calai as vozes do campo
Calai as vozes nas carvoarias, calai as vozes nos morros
Calai as vozes na selva de pedra das grandes cidades
Calai as vozes daqueles que são escravizados em grandes plantações
Calai

Calai as vozes inocentes
Calai as vozes sinceras
Calai as vozes que clamam
Calai a fome
Calai a dor

Elas não me deixam ser ímpio
Elas não me deixam dominar
Elas não me deixam enriquecer
Elas não me deixam

Faça-as parar de pensar
Faça-as parar de sonhar
Faça-as parar

com a força de meu domínio
eu as usei
suguei seu sangue
suguei seu suor
suguei a seiva
suguei a água
suguei a terra
suguei até mesmo o mar

Faça-as calar!
Este poema representa a denúncia contra os horrores que se praticam contra as crianças no interior do país.

Rosalina Herai
SITE PARALEREPENSAR-2006

 Comente este texto


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: cAab (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.