A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Experimental
 
simplesmente minha face
Por: Celso Roberto Nadilo

Nas janelas do teu coração minha morte,
Senti sua voz sussurrando...
Com plenitude do terror meus sonhos são lindos.
Diga - me que estou cheio de mundo vazio.
Sem a menor esperança perdido por amor,
Meus olhos sangram no momento que disse te amo...
Tentei encontrar os motivos que movem minha alma
Apenas flagelos no imensurável ador da minha vida...
Todas as perdições do amor...
Clamam o sangue que corre nas minhas veias,
Tormentas dos quais ressenti o resumo dessa vida
Quando percebi que a paixão me consumiu...
Para sempre se diz, amor morreu, coração ainda meu.
Jaz sobre uma cova de emoções, esquecida na minha despedida.

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: DOSM (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.