A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poema
 
Lágrimas
Por: Ângela Farias

As lágrimas escorrem dos meus olhos

E buscam espaço em meu rosto

Nem sempre vem do lamento

Nem de desgosto do agosto

Muitas vezes as lágrimas gritam

Outras vezes as lágrimas cantam

Mais de certo as lágrimas chegam

Para embalar o meu pranto

Seja um pranto de tristeza

Ou quem sabe de alegria

Por certo são lágrimas certas

Que caem sem alegorias

É preciso chorar, mesmo que seja na dor

É preciso ter saudade para falar de amor

É preciso emoção para anular dissabor

É preciso viver o hoje, o amanhã, quem sou?

 Comente este texto
 

Comentário (1)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: AUCe (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.