Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 

E-mail:
Senha
       
        Cadastre-se
Esqueci minha senha
Homepage
Pensadores
Lazer e informação
Citações
Textos Fantásticos
Poemando
Provérbios
Estatuto do poeta
Peão diz cada uma!
Bíblicos
Contos e poemas de Natal
Básico de violão
Livrarias
Informática
Artes
Jornais
Revistas
Música
Televisão
Infantil

MUSIPOEMA

MUSIPOEMA
A HISTÓRIA DO ROCK IN ROLL
SER MÃE
AMIGO É...
AMAR É...
 

 

Busca

 
 
 
Acróstico
 
DE QUE FORMA MEUS FILHOS SE RECORDARÃO DE MIM?
Por: Luzimar Xavier


Deseja dar tristeza àqueles que lhe
Amam (os filhos, por exemplo) quando vêm correndo
Na sua direção dizendo, alegres, “mãe... mãe?” Não lhes dê atenção, ou a mínima
Importância. Diga-lhes: “Estou cansada!!!” Vamos! Faça esse teste, logo, logo, e
Espere pelo que virá no futuro. Nem é bom pensar! Sabe o que mais
Lhes agradam... na mais tenra infância? Além do seu abraço e do seu sorriso, que você
Lhes dê toda a atenção porque somente agindo dessa forma
Estará lhes agradando. Portanto, mude, mas mude mesmo, o quanto antes, e será

Recompensada com muitos beijos e abraços porque é
Isso o que mais importa, tanto para eles quanto para
Si mesma. A escritora Jane Kruger,
Sempre preocupada com esse detalhe pois
Imaginamos ser “toda ouvidos” para seus filhos, certa vez

Nos disse: “na verdade,
As crianças não precisam pura e
Simplesmente de uma casa cheia de todo o
Conforto para morarem mas de um lar onde
Impere o amor, o carinho, o afeto, a atenção, ou,
Mais especificamente, de um lar, de “um doce lar”,
Em que todos possam se amar e bem estar”. Se
No dia-a-dia da vida (mais deles do que nossa) não estamos
Transmitindo-lhes pelo menos parte do que é sugerido pela escritora,
O que resta fazermos a fim de corrigirmos essa falha no nosso relacionamento?

Dar-lhes a atenção que tanto necessitam, porém impondo-lhes limites.
Evidentemente que ainda existam mães que, de forma incorreta, pensam que

O mais correto na correção dos filhos seria o famoso “descer-
Lhes o braço”. Mas, segundo Khalil Gybran, contrariando-as, “seria
Importantíssimo que quando você
Viesse em direção para bater
Em seu filho, ainda com o braço no ar, o mais
Interessante e educativo seria
Refrear esse impulso descendo o braço de forma a
Acariciá-lo, em vez de machucá-lo”. Por acaso

Dá para ficar insensível também a essas palavras de
Alguém que, com certeza, lhe deram amor na infância, um amor que muitos
Nem tiveram? Não, não dá... a não ser que sejamos
Insensíveis por natureza: “Mãe, teus braços sempre
Estiveram a se abrirem quando precisei de um abraço. E
Lhe digo mais: teu coração soube me compreender quando
Lhe recorri como se recorre a uma pessoa amiga. Tua força
E teu amor me dirigiram pela vida e me deram as asas que precisava para voar”.


SE É NA INFÂNCIA QUE FICAM REGISTRADAS TANTO AS BOAS COISAS DA VIDA, QUANTO AS RUINS, PORQUE NÃO CONTRIBUIRMOS PARA QUE AS BOAS TENHAM MAIS DESTAQUE?


Elixis – 18/08/15

 Comente este texto

 

Comentário ()

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: HNVE (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.