Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poesia
 
Deserto Pessoal
Por: Rosane Vilaronga


Dizem que o deserto é vazio,
Dissertam sobre ele a ausência.
Refuto tal desvario,
Infundadas maledicências...

Expõe-se seu nada evidente,
Desnudam sua falta de tudo...
Inverdades sem precedentes,
Exacerbado absurdo!

Sei que, para ser creditada,
Uma tese sempre carece
De testemunha, prova avançada
De quem realmente a reconhece...

Mas não havia uma só pesquisa
Que investigasse o mais profundo,
Os reais desertos da vida
Das pessoas desse mundo...

Fui pesquisador e objeto
De pesquisa individual...
Num trabalho discreto,
Sobre a vastidão pessoal...

E do introspectivo estudo,
Uma verdade foi revelada:
O deserto não é falta de tudo,
Mas um perfeito excesso de nada!

Uma procura desesperada,
Uma fuga sem direção...
Uma viagem sem chegada
Nos descaminhos do coração...

Nada com que se alegrar...
Nada se encontra... Nada se tem...
Nada com que se apegar...
Nada que vai... Menos quem vem...

Nem um tão pouco de esperança...
Nem um tanto do que nos magoa...
Nem esquecimento, nem lembrança,
Nem um pedacinho de coisa boa...

E o excesso se fortalece
Com o deserto que se instalou.
E sua sombra resplandece
No espaço que em mim ficou...



Rosane Vilaronga
Setembro de 2015

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: FcVe (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.