A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poema
 
SUBLIME DESEJO
Por: LEILSON LEÃO

Desvendo aos poucos tua sedutora e felina geografia
Percorro as trilhas sedentas de prazer de tuas fantasias
Perdendo-me loucamente nos caminhos de teu deleite
Nas curvas de teus espaços teus contornos teus delírios
Apalpo cada pedaço de teus férteis e famintos desníveis
E sinto os lúbricos e inebriantes aromas de tuas essências
Degusto de todos os teus lascivos e entorpecentes sabores
Sorvo e sinto o gosto do sal de tua concupiscente transpiração
Desbravando lentamente todas as tuas libidinosas saliências
Galgando os píncaros de tuas abrasivas e excitantes erupções
Bebo das águas de tuas mais intempestivas e úmidas fendas
Deito-me sobre tua relva e minha boca procura pelo teu orvalho
Para que assim atinja a plenitude de minhas selvagens sensações
E que proporcione a ti o clímax que a faça perder-se em si mesma
Enquanto minhas mãos transeuntes percorrem todo o teu relevo
Invadindo todas as aberturas que em ti o prazer sublime propicia-me
Sublime desejo que tua luxuriante composição tatua em minha retina
E meus olhos desfrutam da beleza advinda de teu voluptuoso formato
Onde me grudo me encaixo me escondo me moldo me canso e já exausto
Bebo teu néctar teu mel suprassumo de tua mais instigante e penetrada flor
LEILSON LEÃO

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: UZTJ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.