Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 

E-mail:
Senha
       
        Cadastre-se
Esqueci minha senha
Homepage
Pensadores
Lazer e informação
Citações
Textos Fantásticos
Poemando
Provérbios
Estatuto do poeta
Peão diz cada uma!
Bíblicos
Contos e poemas de Natal
Básico de violão
Livrarias
Informática
Artes
Jornais
Revistas
Música
Televisão
Infantil

MUSIPOEMA

MUSIPOEMA
A HISTÓRIA DO ROCK IN ROLL
SER MÃE
AMIGO É...
AMAR É...
 

 

Busca

 
 
 
Acróstico
 
ENQUANTO AS BEBIDAS NOS “AFASTARAM” DA ESPOSA E DOS FILHOS, A PALAVRA NÃO FEZ COM QUE NOS REAPROXIMÁSSEMOS DOS MESMOS?
Por: Luzimar Xavier

Filhos, filhos, filhos... quantas vezes, sob o efeito das bebidas, não os deixei de
Lado, num segundo plano, largando-os ao “Deus dará”... quantas vezes? E por
Acaso, quando estávamos bêbados, transformados em egoístas,
Valorizávamos alguma coisa? Só após muito tempo, já sóbrios,
Infelizmente, paramos para pensar, e vimos o quanto estávamos errados.
Os nossos filhos, a agora reconhecida com justiça “amada esposa” e

Grande parte do que antes deixamos de lado finalmente voltam a ser
O foco das nossas atenções, inclusive A FAMÍLIA. Não é ótimo isto? É, ou não é,
Na verdade, um ato da Providência Divina para as nossas vidas? Pe
Çamos ao bom Deus que tais coisas continuem sempre a acontecer e O
Agradeçamos por ter permitido que viessem a se tornar reais como há
Longos anos nos aconteciam, quando nem sequer bebíamos, antes do nosso en
Volvimento com as bebidas ou outros tipos de drogas que experimentávamos.
E já que estamos a falar da família, quase destruída quando estávamos
Sob o domínio do inexorável Senhor Álcool, porque não admitiría-

Mos que, sob o efeito do álcool, ou outras drogas, tudo,
Infelizmente, é esquecido e, portanto, deixado de lado: mãe, esposa, fi
Lhos... menos nossos desejos por termos nos tornado egoístas? Tudo o que estava nos
Acontecendo não nos causava um arrependimento sem tamanho quando voltávamos a sí? Os
Nossos filhos, que dedicamos-lhes um amor sem igual tal qual às nossas
Esposas, não são bênção de Deus e que, portanto, Este não nos adverte que temos que ter o pra
Zer de orientá-los baseando-nos nos conselhos sábios do Rei Salomão

Feitos através do Livro dos Provérbios 22: 6? “Instrua seu fi
Lho no caminho que deve andar e
Até quando envelhecer não se des
Viará dele!” Segundo os estudiosos da Biblia achamos,
Infelizmente, como sendo o correto ensinar aos filhos
O caminho que devem andar mas,

O correto mesmo, é ensiná-los no caminho que devem andar e é
Isso o que lamentavelmente existe: uma grande diferença,
Verdadeiramente: o Senhor, através do Rei Salomão, aconselha-nos
A não “ensinar o caminho” mas “ensinar no caminho”. Pode-se,
Lamentavelmente, ensinar o caminho sem se estar nele. Se não andarmos lado a lado com os
Filhos no caminho do Céu, esses logo nos observarão. E COMO HOJE NOS OBSERVAM...


... E TAMBÉM NOS ADVERTEM! PORTANTO, CONTINUE SEMPRE A ANDAR LADO A LADO COM ELES. NÃO ESTÁ SENDO UMA BOA EXPERIÊNCIA, FRUTO DA PROVIDÊNCIA DIVINA? ÉS CAPAZ DE NEGAR ISSO?


Elixis – 14/02/16

 Comente este texto

 

Comentário ()

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: NUPJ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.