A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Conto
 
O VIDENTE
Por: Luiz Carlos Morete

O VIDENTE


A cidade amanheceu alvoroçada. Diversos cartazes espalhados pela cidade davam conta de um vidente estava entre eles.
- - Vidente\/O que é isso? – perguntou um.
- Ora, são aquelas que falam ter poder de ver o futuro, se vai ser bom ou não.
Aristeu logo se interessou pelo caso. Viu quanto tinha na carteira e resolveu se arriscar. Estava numa dureza , que qualquer coisa que fizesse não poderia piorar as coisas,
O “consultório” estava localizado em uma sala, junto à rodoviária da cidade.
Entrou e sentiu logo o clima. De magia, de mistério.
Saiu detrás de uma cortina um personagem todo preparado para iniciar mais uma sessão..
- A quem devo a honra de tão ilustre visita?
Estranhou a fala do vidente, pois nunca fora tratado assim!
- Pois é, eu quero...
- O senhor se chama Aristeu, não mesmo?
Surpreso perguntou:
_ Eu sei de tudo! Passado, presente, futuro. Tudo. Através dessa bola de cristal eu vejo o que você que saber.
- Ficou mais impressionado ainda..
È o seguinte: estou atravessando uma fase na minha vids...
- Situação financeira difícil.
- Acertou outra vez!
-Vvamos ver aqui na bola mágica, Se concentre, pense só no que você ver que realizado.
Se concentrou e pensou no que o atrapalhava..
- Seu Aristeu, eu consegui ver o seu futuro e acredito que vá gostar.
- Então conte!
- Mais então você tem que pagar consulta.
- Sim, sim. E quanto é?
- Cento e cinquenta reais.
- Mas é tudo que eu tenho!
- Vai ganhar muito mais.
Meio vacilante entregou o dinheiro. Mas acreditava.
- Vamos lá. Essa semana ainda você vai receber uma proposta que vai envolver uma quantia muito boa. Os astros estão favoráveis a você. O que você desejar pode ocorrer.
Saiu dali todo esperançado e confiante. À noite, ficava zanzando pela casa, como um fantasma..
Mal amanheceu, tomou café rapidinho e foi trabalhar, Mas não foi um bom dia. Nada aconteceu.
Estava se preparando para dormir, quando bateram à porta.
- Deputado, o senhor a essas horas?
- Aristeu, eu preciso de um favor seu. Estou querendo comprar uma fazenda, mas meu nome mão pode aparecer.
- E daí?
- E daí, Aristeu. Eu te dou um milhão de reais para deixar usar sua conta.;
= Mas eles vão querer saber de onde veio tanto dinheiro!
--Deixa isso comigo. Tenho alguns parceiros que vão dar um jeito nisso. E por falar a verdade, sua gratificação está aqui.
E abriu a ,mala:
- Um milhão de reais! Todo seu.
Balançou os alicerces de Aristeu. Não esperava que fosse ganhar um dinheiro dessa maneira.
- Pegue a mala Aristeu. É sua!
_E como você vai usar a minha conta?
- Eu entrarei em contato. Aguarde.
Aquele dinheiro mexeu com a vida de Aristeu. Tinha que desabafar com alguém, e teria que ser uma pessoa confiável, destes que daria a própria vida para ajudar um amigo. Um nome que lhe veio à memória, foi de Sérgio. Iria contar tudo para ele, e talvez me dissesse o que fazer.
No dia seguinte chamou Sérgio até sua casa, e contou tudo, sem escapar um detalhe. a história e essa. O que você acha?
- Tem que tomar muito cuidado, pois pode dar cadeia braba.
- Vou fazer o seguinte: vou deixar essa mala escondida de baixo do assoalho, e vamos ver o que acontece. Posso confiar em você Sérgio?
- Totalmente, você para mim, é como um irmão.
Ao ver todo aquele dinheiro, uma sensação estranha começava a tomar forma na mente daquele em quem Aristeu colocava toda confiança.
Tendo saído da cidade, para encontrar com o deputado, para ver como é que eles iam fazer para resolver aquele assunto.
- E então deputado, vamos fazer a transação?
- Infelizmente não vai dar. Surgiram complicações que me fazem desistir de qualquer negociação envolvendo dinheiro à vista.
- A mala está lá em casa. Quer que o devolva?
- Agradeceria, pois o que vai acontecer comigo eu vou precisar de muita grana?
Eles voltaram para a cidade de Aristeu e foram buscar o dinheiro.
Colocou a chave na fechadura e a girou.
- Estranho! Tenho certeza que deixei a porta fechada!
Um estranho pressentimento tomou forma em sua cabeça. Suas suspeitas estavam confirmadas. O dinheiro sumiu.
- Eu juro que o dinheiro estava aqui! Eu guardei aqui!
- Bom este é um problema que você vai de resolver. Eu quero o dinheiro, e você tem uma semana para resolver o seu problema!
Assim que saíram o primeiro nome que lhe veio a cabeça foi o nome de Sérgio..
Estava imerso em seus pensamentos quando ele chegou.
- Você me roubou! Só a você eu tinha contado o meu segredo! Você me traiu!
- Do que você está falando? Você está louco!
Saiu às pressas em direção ao escritório. Estava tão transtornado que não imaginava a besteira que ia fazer. Pegou uma arma e voltou a voltou a casa. Sergio ainda estava lá tentando imaginar
o que havia ocorrido.
- Você, que pensava que era meu amigo! Só tinha contado para você e mais ninguém.
- Calma Aristeu.. .Vamos conversar! Confesso que fiquei tentado, mas não o fiz!
Sem controle Aristeu deu dois tiros contra o amigo. Um tiro pegou no braço e outro a perna. Com o barulho a vizinhança correu para ver o que estava acontecendo. Chegaram e encontraram Aristeu com a arma na mão e em estado de choque, pensando que havia matado Sérgio.
Ferido ele ficou quieto e sem se mexer.
Quando a polícia militar chegou Aristeu confessou o que havia feito.
- Matei o meu melhor amigo.
- Não você não o, matou, mas o feriu no braço e na perna. Vai ficar bom.
Levado para a delegacia, foi aberto inquérito e preso. Acusado de tentativa de homicídio.
Lá de dentro da cela Aristeu ouviu o vidente fazendo propaganda na rua com carro de som:
- Venham consultar, falo do seu passado prevejo o seu futuro! Sem enganações.

 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: Sfcd (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.