Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Zélia Mendonça Chamusca
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Poesia
 
FOLHAS CAÍDAS
Por: Zélia Mendonça Chamusca




Ausente na multidão,
Sozinha converso,
Imersa na lassidão
De outrora o inverso.

Deambulo entre a gente,
Com que na rua me cruzo,
Todo indiferente
E, paradoxalmente,
Algo profuso
Embora difuso.

No imenso vazio
Deste Inverno frio,
Aqui e ali,
Como qualquer álibi,
Brotam folhas caídas
P’lo vento varridas:

Narcísica imagem,
Na água cristalina,
Refletindo a passagem
Que meu espírito atina.

«»
Poema de - Zélia Chamusca

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: cGQF (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.