A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Prosa
 
Um sultão pernambuco
Por: Morena

Contando a história de como era a vida do seu avô fazendeiro, um colega de trabalho, um almoxarife de 55 anos, divertiu seus colegas que almoçavam na copa. Contou ele, à época criança, que seu avô plantava café e muitas frutas. Por suas terras ficarem em área produtiva _ entre os municípios de Bezerros e Gonçalves Ferreira, antes da famosa cidade de Caruaru _, ele se deu muito bem com lavoura. A colheita de frutas, especialmente goiabas, era vendida para a conhecida indústria de sucos Maguary.
Disse ele, que seu avô, como todo bom pernambucano, era doido por mulher, e corria atrás delas por entre os pés de café.
_ Meu avô traçou muita mulher naquele cafezal. Em Pernambuco é assim: pernambucano bom é aquele que tem de cinco mulheres pra mais. Homem com uma mulher só é considerado frouxo.
Nossa, exclamei, mas isso é um harém! Mas, e mulher que trai marido? Como funciona?
_ Traiu marido, noivo, namorado, morre!
_ Credo, quanto machismo!
_ Ah, mais isso era lá no tempo do meu avô. Hoje em dia não existe pernambucano macho como antigamente.
_ E sua avó, sabia das sacanagens do seu avô?
_ Saber sabia, mas nada podia fazer. Pra você ter ideia, Morena, o meu avô levou filho bastardo pra minha avó criar, porque a mãe da criança morreu de parto.
_ Que sultão! E sua avó criou?
_ Criou bem criadinho. Era meu tio do coração.
_ Puxa, que boa história, disse-lhe eu, já me imaginado digitando tudo. Então, eis aqui um continho espirituoso para homem mulherengo dar boas risadas.
Sobre a fazenda ela ainda existe, mas foi vendida quando o fazendeiro envelheceu e seu clã dispersou-se. Atualmente é fazenda de gado.

Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: GgAL (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.