A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Conto
 
DE HORIZONTE A HORIZONTE
Por: ANTONIO PAIVA RODRIGUES

DE HORIZONTE A HORIZONTE

Não quero que a bela esperança se consuma
Pelo veneno do mundo, seja agora ou depois.
Com insistência, as bonanças redentoras.
Surgirão e as trevas serão destruídas pela luz
Forte da bondade, visto que nunca usei a maldade.
Para prejudicar e sim para alimentar a esperança
De quem batalha como eu, através do esforço.
Do dia a dia, de horizonte a horizonte,
Quanto for necessário vem o destaque na
Beleza do nascer de uma linda rosa que surge
A nossa frente de perfume radiante e flutuante
Que toma todos os espaços e nada fica opaco,
Pois a natureza reflete a beleza da vida dos poetas,
Escritores e doutores das letras, em forma de retretas,
Ao som de badalos com som convertido.
Para que possamos alçar voos mais altos é preciso Conhecimento, talento, precisamos provar que.
Tudo assimilado é verdade para que não sejamos
Desmentidos. Agora mais rigoroso, venci o desafio.
E a confiança, jamais será vingança nunca vi.
Tanta bravura numa só pessoa com muita tenacidade,
Visto que a vontade de vencer foi alcançada e
Comemorada com muita alegria.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES


 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: XMfC (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.