A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Conto
 
NO PALCO AZUL DA VIDA
Por: ANTONIO PAIVA RODRIGUES

NO PALCO AZUL DA VIDA

Não sei se vale a pena o seu carinho e te perder
Querendo ser seu amor, sua guarida e a sua luz,
Lutar desesperadamente para sempre te ver...
O seu amor é sublime, cativante, brilha e reluz.
Tem esmerado sorriso que brilha qual lua em noite inarrável. No palco azul da vida fibrila, no espelho do tempo notável.
Não conjuro minhas ideias, mas elevo-as aos patamares das harpas sonoras.
Nosso destino pretendido nesse orbe é amar, acariciar sem preconceitos,
trago no peito um coração cheio de defeitos, mas apto para amar de muitos jeitos, simples ou diferentes,
mas que agrade a gente sempre ao amanhecer ou ao entardecer.
Manifestações de amor são sempre bem-vindas,
seja onde como e quando for escolhemos trezentos e
sessenta e cinco dias, ou seja, um ano,
para nos amarmos frementemente espalhando amor por onde passamos.
Não carrego comigo falsas virtudes e sim belas verdades desnudas e sem defeitos...
Deves cessar com suas vaidades desumanas e,
que o amor e nossos corações sejam ternos e rarefeitos,
uma pequena dúvida persiste, e meu cérebro saltita
em trêmulos compassos e embaraços, mas não se deixe entusiasmar a ponto de não conseguir distinguir amor de atração, amor de carência, amor de insegurança, amor de fantasia,
pois só almejamos nos deliciar em noites gloriosas.
Às vezes os dentes brilhantes, mostram as suas belicosidades. O seu sorriso é um semblante, largo e repleto de felicidades. Não existe sorriso mais adoçante.
O que se inseriu nos lábios seus, seu sorriso é vitamina fortificante.
Amar é sentir na felicidade do outro a própria felicidade,
visto que amar não é apoderar-se do outro para completar-se, mas se dar ao outro para complementação.
Para amar você basta um belo olhar e jamais esquecer,
pois quero te amar até morrer.
O seu amor recupera os belos sonhos meus.
Seu sorriso reflete o meu semblante, num écran de imagem refletida,
sorriso que emoldura a mulher amante, iluminando a vida opaca e sofrida, mesmo assim no carinhar nos espelhamos.
O seu sorriso postar no emblema da paixão, as gotas do
meu sangue não param de pingar,
mas, estancam com seus beijos sem desilusão meu único universo é o amor, seja ele qual for...
Amor, extasiado, complicado, deliberado, mais sem dor... Alguém já sofreu por amor verdadeiro e fiel? Duvidamos
se fosse amor fiel e verdadeiro não faria ninguém sofrer.


ANTONIO PAIVA RODRIGUES


 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: TZUJ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.