A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poema
 
E o vento não levou!
Por: Selda Kalil

E o vento não levou!



Num passe de mágica o vento aterrissou

Uivava e rodopiava em minha direção

Trazendo um recado ao meu coração

------------------------------------------------

Uma música de fundo soava sobre o céu

Os anjos celebravam nossa união

Pós trinta anos de portas lacradas

Libertaram o dono do meu coração.

---------------------------------------------

Nem a força do vento...

Conseguiu destruir tanto amor.

Devolveu-me sem protelar

Apagou um passado de dor

Os lançou no fundo do mar.

------------------------------------

Naquele mágico momento

Almas se entrelaçaram...

Abracei-te longamente!

Toquei teus lábios suavemente!

Amei-te desesperadamente!

-------------------------------------------------

Bendito seja o vento dos meus clamores!

Devolveu-me um grande amor

Apaziguou a minha dor

Refrescou meu coração

Adoçou a minha alma

Ressuscitou meu corpo acabado

-----------------------------------------------------

Quando o vento perde as forças

Não há como lutar contra um grande amor

Meu grito estridente se faz ouvir

Que o vento não levou!

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: XgDC (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.