Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Conto
 
LEGALIDADE
Por: Suely Braga


A LEGALIDADE
“O espelho inquietava no fundo do corredor”
Jorge Luis Borges
Era agosto de 1961, dia 25 Jânio Quadros renunciou à Presidência da República. O Vice-Presidente, eleito pelo povo, João Goulart estava na China.
As forças conservadoras e os militares queriam impedir sua posse.
A reação ao golpe começou no R G. do Sul com o Movimento da Legalidade.
Era uma época de muita efervescência, de muita participação no país.
Os estudantes atuavam muito nas escolas, através dos grêmios estudantis, da UGES (União dos estudantes secundários), dos Centros Acadêmicos nas Universidades, da UNE (União Nacional dos Estudantes) que congregava os estudantes de todo o país.O Governador do Estado Leonel Brizola requisitou a Rádio Guaíba de Porto Alegre e convocou a população para irem para frente do Palácio Piratini. A população em geral atendeu ao seu chamado, apesar de alguns estarem amedrontados.
Na tarde de 25 de agosto, a praça do Palácio Piratini fervilhava de gente:
bancários, professores, estudantes, comerciários, trabalhadores de vários
setores, donas de casa. Todos queriam defender a Constituição e garantir a posse de João Goulart.
Era uma manhã de 27 de agosto, gelada, o minuano uivando e enregelando tudo.
Mirna era presidente do Centro Acadêmico da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) reuniu a diretoria e mais alguns estudantes, em seu apartamento, para montarem estratégicas para convencer os indecisos.
No fundo do corredor havia um espelho grande.
Davi observou e perguntou à Mirna rindo: Para que aquele espelho tão grande lá no fundo? Por acaso fazes como aquela personagem da história infantil, que se olhava todos os dias no espelho e perguntava: espelho, espelho meu não há ninguém mais bela do que eu? com ar de deboche.
Não, Davi: - respondeu: Mirna chateada.
Aquele espelho é o meu Alter-ego. “Naquele espelho todo o dia, antes de sair para a rua, eu me olho bem no fundo dos olhos, pois dizem que” os olhos são o espelho da alma “e digo para mim com toda convicção:
Mirna tens mais um dia de vida, aproveita intensamente cada minuto. Sorri, admira a natureza, cumpre com amor teus deveres. Sê otimista, amiga e generosa com os que te rodeiam. Enfrenta os desafios com coragem, aceita as decepções, porque cada minuto da vida é preciosos, não o desperdice”.
Davi ficou boquiaberto e disse: Poxa, menina, não sabia que eras tão filósofa.
Não, é uma filosofia de vida que aprendi com minha mãe-respondeu Mirna - decidida.
Vamos, Davi, vamos trabalhar que o tempo urge, pois ainda temos que convencer nossos colegas indecisos e irmos para o Piratini nos juntarmos com nossos companheiros.
Quando chegaram à praça da matriz, já ouviram a voz forte e retumbante de Brizola que dizia à multidão: “Meu povo, vamos resistir: A morte é melhor do que a vida sem honra, sem dignidade”
SUELY BRAGA OSÓRIO,05/09/2011


”.

SUELY BRAGA
OSÓRIO, 05 /09 / 2011




 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: dDZJ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.