A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poesia
 
Fugindo Do Mundo
Por: Antonio Carlos Ramos

Eu tentava fugir do mundo
Com razões para chorar
Na sombra de um pé de ipê
Sentei num banco para descansar
Quando surgiu um menino cansado
Com uma flor na mão a brincar
Percebendo minha presença
Ao meu lado ele veio sentar

Olhei, e vi aquela flor murcha.
Dei um falso sorriso e me virei
Ele cheirando a rosa me disse
Olha que flor linda que eu encontrei
E cheirosa pegue a colhi pra você
Para livrar do garoto eu me aproximei
Fui pegar a rosa e ele segurou no ar
Que era cego nesse instante eu notei

Senti um nó na garganta
Percebi as lagrima descer
Foi quando acordei para o mundo
E agradeci a Deus aquela flor poder ver
Cheirei a e senti sua fragrância
Nesse momento, comecei entender.
O mundo nada tinha haver comigo
A partir desse dia que comecei a viver

Olhei para o céu chorando
Em minha alma pude sentir alegria
Agradeci ao pequeno garoto
Acenando a cabeça para mim ele sorria
Aos poucos ele foi se afastando
Sem saber o impacto que teve em meu dia
Fez- me ver o mundo com outros olhos
A minha vida para sempre ele mudaria.

tonyramos

 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: UIZH (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.