A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poesia
 
Gotas De Orvalhos
Por: Antonio Carlos Ramos

Gotas de orvalhos
Do sereno que na noite caiu
Gotas de orvalhos, Gotas de orvalhos.
Apareceu quando o amanhã surgiu

Atrás do monte o sol começa aparecer
Nesta manhã estou pensando em você
Você que foi o sol da minha vida
Foi minha estrela colorida
Foi minha razão de viver

Gotas de orvalhos, Gotas de orvalhos.
Do sereno que na noite caiu
Gotas de orvalhos, Gotas de orvalhos.
Apareceu quando o amanhã surgiu

Mas o tempo depressa passou
Um dia perdi o seu amor
Vi o meu mundo desabar
E no caminho fiquei perdido
E hoje não consigo achar uma saída
O que será da minha vida
Quando um novo amanhã chegar

Gotas de orvalhos, Gotas de orvalhos.
Do sereno que na noite caiu
Gotas de orvalhos, Gotas de orvalhos.
Apareceu quando o amanhã surgiu

O nosso mundo era repleto de alegria
Ao seu lado eu era muito feliz
Mas o tempo foi passando
Pouco a pouco o seu amor foi levando
Como as gotas de orvalhos
Da minha vida você sumiu.

tonyramos

 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: YSXF (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.