Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poesia
 
Silêncio!
Por: Rosane Vilaronga



Por silêncio eu te suplico
Pensar em ti já não me faz
transcender ao o infinito
O que, outrora, me trouxe paz...

Me esquecer é essencial
Nesse romper imprescindível
Distanciar, fundamental
Te calar, quase impossível...

Quando tua boca se cala
E tuas mãos já não me alcançam
A tua mente ainda fala
Os teus olhos em mim se lançam...

Me parar já não é possível
Pois sou uma alma em movimento
E o meu Ser, mesmo sensível,
Não ouve mais teu pensamento...

O teu olhar evidencia
Eu não consigo entender
Pois minha mente o silencia.
Enquanto busco viver...

Meu coração já não te espera
Já não te encontro ao caminhar
É que o meu ser, em outra era,
Já não te quer alcançar...

O silêncio suplicado
É pra que teu coração
Se mantenha afastado
De minha atual razão...

Não te esforces por fazer
Com que eu ouça tua voz
Pois não dá para viver
A quimera de um “nós”...


Rosane Vilaronga
20 de agosto de 2016

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: EFHJ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.