Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

João Euzebio Delgado Ferreira
•Publicações
•Perfil
•Comente este texto
 
Poema
 
O BEIJO DA LUA
Por: João Euzebio Delgado Ferreira

Vim deste espaço
Feito pedaços
de uma constelação
Sou o vento que passa Que bate na vidraça
e vai por ai se espalhar
Sou a noite quente de verão
o carro na contra mão
deslizando sem parar
Sou a flor que nasceu
a lagrima que nos olhos desceu
indo no peito parar
Sou a madrugada
o silencio pela estrada
um pirilampo a brilhar
sou a brisa que passa
a mariposa na vidraça
tentando pela cortina entrar
sou o cheiro deste perfume
que no frasco pequeno
evaporou
sou a cidade
esta saudade
que dentro das lembranças ficou
sou o silencio o sussurro do vento
sobre as montanhas
e tamanha é esta dor
que a flor
simplesmente... murchou
e depois de tudo
como se horas fossem segundos
a lua... me beijou


 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: TXbI (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.