A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poema
 
Pobre alma
Por: Marcos SANTIAGO

Pobre da alma
Que de alma empobrece,
De quem tem alma
E antes alma não tivesse!

Pois atentado contra a alma comete
E de alma o corpo adoece, seco agreste.
Alma pobre! Busca uma pobre alma que a legitime.

Pobre da alma
De formas sem cor
E de rabiscos sem alma
Que ri e geme, de dor, de dor.

Pobre da alma que só vê,
Que só crê
No outro, seu próprio crime!

 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: gVDC (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.