Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 

E-mail:
Senha
       
        Cadastre-se
Esqueci minha senha
Homepage
Pensadores
Lazer e informação
Citações
Textos Fantásticos
Poemando
Provérbios
Estatuto do poeta
Peão diz cada uma!
Bíblicos
Contos e poemas de Natal
Básico de violão
Livrarias
Informática
Artes
Jornais
Revistas
Música
Televisão
Infantil

MUSIPOEMA

MUSIPOEMA
A HISTÓRIA DO ROCK IN ROLL
SER MÃE
AMIGO É...
AMAR É...
 

 

Busca

 
 
 

 

 
Conto
 
Cidade Solidão
Por: Fabiana Teixeira

Entrei nesta cidade trazendo minhas lágrimas, derramadas e a desilusão em minha mala.
Fui frágil, ingênua, relurei e habitei em emoções pequenas, não fui covarde,
Apenas amei demais. Ultrapassei o bom senso e o medo, fui sincera ao extremo e me feri.
Agora estou presa em mim mesma, tudo está pálido e confuso em meu mundo.
Sei que preciso ficar neste lugar para me curar e reaprender o que é amar!
Irei renascer.
Meus poemas quebrados , serão restaurados e os sonhos renovados.
Mastigarei todas as palavras que foram silenciadas, dissiparei todas as ilusões.
Tudo enfim, será cicatrizado.
Estou temporariamente em luto por matar os meus sentimentos mais profundos.

 Comente este texto

 

Comentário ()

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: cGPc (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.