A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Humor
 
Perseguição perpétua
Por: Marlene A. Torrigo

Em meio ao expediente do dia dezoito de dezembro eu lembrei que a data me era especial, mas não conseguia lembrar por que. Rememorei a data dos aniversários dos entes queridos mais próximos, dos mais afastados, dos pra lá de afastados, e nada!
Bem, pensei, qualquer hora eu lembro. À noite, já me preparando para dormir, lembrei que não lembrara porque o dia dezoito tinha algo de especial na minha vida. Alguns minutos depois o telefone tocou.
Para minha decepção, era meu ex-marido – ex há quase 40 anos, que fez de mim a sua psicose, justo eu que sempre sonhei ser a musa de alguém - que gracioso como sempre, disse:
- Querida, você lembrou da data do nosso casamento?
Só com o querida eu o mandaria para o inferno e com o restante da frase eu o mandaria para os quintilhões do inferno, mas apaziguada pelo espírito de Natal, que me faz parecer gente humana, tartamudeei e bati o telefone, mas muito, muito raivosa. Pronto, meu dezembro fora maculado. Aí, ele ligou novamente.
- Querida, deixa de ser estúpida. Você não muda mesmo.
Disse-lhe, gaguejando de ira.
- Você, você, você... Você não me ligue de novo. Vá, vá, vá... Vá pro céu com toda pompa celestial!
E bati o telefone novamente. E, graças! Ele não ligou mais.
Penso sempre em cortar a linha telefônica fixa e servir-me apenas do celular, mas eu tenho um filho especial e manter a linha é imprescindível quando das suas crises. E também esse filho de nós dois adora ligar pro paizinho querido dele.

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: DeMR (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.