Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Artigo
 
Sebáceos, calázios, e as inúmeras doenças da pele.
Por: Marlene A. Torrigo

Calázio é uma tumefação da pálpebra, causada pela inflamação de uma das glândulas que produzem material sebáceo. Nos três últimos anos eu retirei dois calázios cirurgicamente. Outros dois que retornaram no mesmo local sumiram espontaneamente com o auxílio de muitas compressas. Há uns seis meses estou às voltas com novo calázio que cresceu no mesmo lugar. Terei que retirá-lo numa terceira cirurgia. Não é um procedimento tão simples, como a retirada de um cisto sebáceo, que pode ser retirado em questão de minutos. Por envolver a área sensível do olho, a retirada requer um especialista em cirurgia plástica oftalmológica.
A recorrência de um calázio acontece porque a inflamação que parecia ter sido curada volta a inflamar. Existem calázios que se desmancham com compressas mornas, assim como é comum acontecer uma cura espontânea. Faço muitas compressas, mas meu calázio me ama. Eu tenho conhecimento de pessoas que retiraram calázios que não mais reincidiram. O caso mais grave de calázio que eu já vi foi de um paciente que, em consulta com o dermatologista onde eu trabalho, apresentava inúmeros calázios de vários tamanhos em todo contorno dos olhos. Ele retirou alguns que retornaram mais intensos. É muito triste o caso dele.
Um calázio não dói, não arde, não é contagioso. No meu caso, o lado da pálpebra fica meio caído incomodando um pouco a visão periférica. Não é preocupante, afinal existem doenças faciais e de pele horríveis. Conheço uma mocinha que tem um lado do rosto perfeito e o outro lado desmancha-se para baixo desde o olho. Ela foi submetida a algumas cirurgias que pouco resolveram. Trata-se de doença congênita.
Dos graves problemas de pele um deles é o vitiligo, cuja incidência tem aumentado muito. Não é uma doença contagiosa, não dói, mas causa tristes sintomas emocionais nos seus portadores.
Sobretudo, diante das muitas doenças graves de pele, de modo algum me incomoda ter um calázio. Em verdade ele incomoda as pessoas. Como eu trabalho com o público sempre alguém pergunta por que não o tiro (há de se obedecer um período para tentar curá-lo com compressas). Em questão de estética, toda deformação que foge aos padrões de perfeição e beleza nas pessoas, causa admiração em outras. Ou pavor.




 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: DQbY (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.