A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

José-Augusto de Carvalho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Poesia
 
NA ESTRADA DE DAMASCO * Nihil sine causa (1)
Por: José-Augusto de Carvalho



...e levo a vida a perguntar por mim!
Em vão insisto, mas ninguém responde.
Pergunto, apenas, por que um dia vim
e por que a causa assim de mim se esconde.

Da causa obscura eu só conheço o efeito:
é esta dor moendo até mais não!
Que coração aguenta ser no peito
tão-só um tique-taque sem razão?

Que sonho ou pesadelo a Vida quer?
Que dívida de ser em mim perdura?
Do ignoto caos nem consegui sequer,
para a merenda, uma romã madura.

Desamparado e nu, assim cheguei.
Sorrindo, minha mãe, num terno enlevo.
Nos braços maternais me aconcheguei.
Que dívida a pagar? Eu nada devo!

O maternal carinho não esqueço.
Está perdido nos confins do nada.
Nesta viagem de ida e sem regresso,
com minhas mãos rasguei a minha estrada.

Amei e fui amado --- estou sozinho.
De pé, sem medo, espero ouvir agora
em uma encruzilhada do caminho
dobrar por mim a Torre da Má Hora.

E lá irei dormindo de viagem,
sem perceber que causa quis que eu fosse.
E levarei o nada na bagagem,
o mesmo nada que do caos eu trouxe.

*
(1)- nihil sine causa (locução latina) -- Nada existe sem uma causa. Fonte: Cícero, De Finibus, I, 19.
*

José-Augusto de Carvalho
Alentejo, 3 de Outubro de 2017.

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: VIgX (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.