Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 

E-mail:
Senha
       
        Cadastre-se
Esqueci minha senha
Homepage
Pensadores
Lazer e informação
Citações
Textos Fantásticos
Poemando
Provérbios
Estatuto do poeta
Peão diz cada uma!
Bíblicos
Contos e poemas de Natal
Básico de violão
Livrarias
Informática
Artes
Jornais
Revistas
Música
Televisão
Infantil

MUSIPOEMA

MUSIPOEMA
A HISTÓRIA DO ROCK IN ROLL
SER MÃE
AMIGO É...
AMAR É...
 

 

Busca

 
 
 

 

 
Conto
 
PESADELO
Por: Luiz Carlos Morete



PESADELO



Quando escutou o veredito de que fora declarado culpado, sentiu um arrepio percorrer todo o seu corpo, mas logo se refez.
Por alguns momentos voltou ao passado lembrando-se dos bons momentos da infância: nadar no rio, comer frutas no pé, andar a cavalo, e tudo que uma criança pode querer na vida.
Mas agora estava ali ouvindo o seu futuro ser decidido: vinte anos de reclusão, em regime fechado. Tudo isso por um inconsequente participação em um racha que acabou causando a morte de dois ciclistas. Teria que pagar pelo seu erro.
As diversões naquela pacata cidadezinha do interior resumia-se a ir, aos domingos, trocar gibis com os outros meninos, isto depois de assistirem ao seriado do Zorro, ao final da sessão de cinema normal. Depois eram só brincadeiras sem hora para acabar.
Voltava todo suado e ouvia muitas vezes a mãe reclamar: “Isto são horas menino?”
Mas com muita paciência a mãe o tratava com carinho.
Já condenado foi conduzido ao camburão cujo destino seria a penitenciária local. Estava começando outra história na vida de Abel.
Lembrou-se da irmã e o do irmão, que lhe sempre lhe incentivaram- a nunca desistir dos estudos, e com saudades chorou.
Saiu de casa e falou para a mãe:
- Não demoro.
E saiu.
Não sabe que horas chegou. Mas caiu na cama e dormiu num instante.
Na hora do café comentou com a mãe;
- Tive um pesadelo horrível. Sonhei que estava sendo preso!
- Deus me livre meu filho, não pense mais nisso!
Tentou esquecer o sonho.
Quando levantava-se para sair, bateram à porta. Eram dois policiais...










 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: FgKA (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.