Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 

E-mail:
Senha
       
        Cadastre-se
Esqueci minha senha
Homepage
Pensadores
Lazer e informação
Citações
Textos Fantásticos
Poemando
Provérbios
Estatuto do poeta
Peão diz cada uma!
Bíblicos
Contos e poemas de Natal
Básico de violão
Livrarias
Informática
Artes
Jornais
Revistas
Música
Televisão
Infantil

MUSIPOEMA

MUSIPOEMA
A HISTÓRIA DO ROCK IN ROLL
SER MÃE
AMIGO É...
AMAR É...
 

 

Busca

 
 
 

 

 
Crônica
 
Copa do Mundo e os cuidados com o coração
Por: Marlene A. Torrigo

Após quatro anos de uma longa espera chegamos a outro campeonato mundial de futebol. PARA QUEM GOSTA é tempo de viver fortes emoções. É tempo de nervos à flor da pele, de emoções que transbordam. Mas, vamos com calma! OLHA O CORAÇÃO!
Às vésperas da Copa do Mundo, apaixonados torcedores, mesmo os bem jovens, preparem-se para as intensas emoções dos jogos mata-mata de matar. Hipertensos, diabéticos e cardíacos, cuidem-se! Tomem suas medicações conforme prescrições médicas e nada de bebidas alcoólicas. A isso alie-se a uma alimentação equilibrada. O sacrifício é para manter o coração bem vivo no peito. Para os que estão muito acima do peso e sem tratamento médico, o alerta é total. Para quem não tem problema cardíaco, cuide-se também no momento de comemorar ou soluçar de tristeza. Há quem enfarte mesmo sendo assintomático, ou seja, não tem sintomas.
A verdade é que ataques cardíacos são uma constante em jogos de futebol, tanto em campo como na arquibancada. As doenças cardiovasculares são a maior causa de morte no mundo, e durante a Copa do Mundo o índice de ataque cardíaco preocupa. Serviços de emergência entram em estado de alerta.
Assim como deve ser nas festividades de fim de ano – quando ataques cardíacos aumentam durante os festejos - você torcedor, fique atento para o principal sintoma de um possível ataque cardíaco durante o evento: sensação de pressão no tórax refletindo nas costas, braços, queixo e abdômen por cerca de vinte minutos para mais. Isso mostra que as artérias realmente estão com problemas e o ataque está em curso. Alerte-se! Concentre-se em diminuir a adrenalina na hora dos jogos, acalmando-se.
Sentir dor no peito pode não significar infarto. Pânico e ansiedade também provocam dor torácica, contudo, na dúvida, ligue para a emergência. É melhor prevenir do que remediar. Encerrando, desejo que todos os corações (incluso o meu) aguentem firme cada vitória ou derrota.

Demais, cardiologistas recomendam que se tenha aspirina por perto na iminência de um ataque cardíaco. A aspirina é mesmo a amiga do peito. Veja mais: https://g1.globo.com/e-ou-nao-e/noticia/e-verdade-mensagem-pede-que-pessoas-tenham-aspirina-a-mao-em-caso-de-infarto.ghtml

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: CMgS (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.