A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Crônica
 
Ah, meu país das maravilhas!
Por: YÉ GONÇALVES

O meu país é coroado de maravilhas, de fazer inveja às ilhas paradisíacas deste mundão de meu Deus.

Êta, país maravilhoso por natureza!

Nele o meio ambiente é ecologicamente equilibrado; a educação ambiental e cidadã é prioridade; nele se exerce o respeito e o amor ao próximo; os deveres são cumpridos à risca, e os direitos são fielmente reconhecidos.

Eh! No meu país é assim.

Em fevereiro, às vezes em março, tem carnaval e as folias ocorrem pelo restante do ano. O povo é feliz. Não há desigualdade social. Não há nenhum tipo de preconceito sequer. A fome foi banida até do dicionário.

Outra coisa importantíssima e que merece destaque: é que no meu país a saúde pública é eficaz. Não há filas nos atendimentos dos hospitais e postos de saúde. Todas as pessoas são atendidas pontualmente dentro do horário agendado. Os médicos preocupam com os pacientes e até fazem visitas domiciliares voluntariamente.

Aqui no meu país, as estradas e rodovias são bem conservadas devido às manutenções constantes. Não há um buraco sequer. Parece um tapete.

E quanto às escolas públicas, dispensa comentário, de tanta eficácia. Tem ensino de excelente qualidade.

E quanto às leis, elas são conscientemente cumpridas por todos. Não há privilégios. Não há presídios, porque as leis já estão grafadas na consciência de cada cidadão.

Sabe por que isso acontece no meu país?

É porque no meu país não há corrupção; os políticos são sérios e bem responsáveis com a administração pública.

Ah! Mas aqui no meu país o povo sabe votar e nem se passa na cabeça deles a ideia de favores políticos; sabe que os direitos decorrem dos deveres sinceramente cumpridos. Sabe que só se colhe aquilo que se planta.

Eh, meu caro, assim é o meu país...

***
Opa! O relógio despertou, acordei.

Abri a janela, me arrumei, tomei o café e segui pelas ruas encarando a dura realidade do cotidiano deste nosso “Brasilzão” maravilhoso...

Eta dura realidade!!!

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: XZLK (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.