Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 

E-mail:
Senha
       
        Cadastre-se
Esqueci minha senha
Homepage
Pensadores
Lazer e informação
Citações
Textos Fantásticos
Poemando
Provérbios
Estatuto do poeta
Peão diz cada uma!
Bíblicos
Contos e poemas de Natal
Básico de violão
Livrarias
Informática
Artes
Jornais
Revistas
Música
Televisão
Infantil

MUSIPOEMA

MUSIPOEMA
A HISTÓRIA DO ROCK IN ROLL
SER MÃE
AMIGO É...
AMAR É...
 

 

Busca

 
 
 

 

Manoel Honorato da Costa filho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Artigo
 
O MUNDO É DOS ESPERTOS?
Por: Manoel Honorato da Costa filho

O MUNDO É DOS ESPERTOS?

Esse senador Magno Malta, falou tudo que queria dizer... Ao tempo, venho acrescentar mais:

Desembagador que vergonha! Pois, ou, uma ou outra: ou foi burro, ou estava a serviço do partido PT. Assim soltar Lula.

Vamos analisar: Primeiro - não era nem para aceitar o HC, pois, o pedido, não vinha da parte de quem a representar o cliente - Lula, digo: não vindo dos advogados.

Segundo: as normas, regras no TRF4 - ele o desembargador a conhecer, pois, nesse órgão a fazer parte; mas ainda: era e é ciente igual todos desembargadores, juízes etc. E, todos que ler jornais, que assisti reportagem, sim: que o fato levado para ele decidir, fugia da competência dele, pois, o pedido, já havia dado improcedente - digo: negado pela turma ou seja, a 8° turma a qual ele a fazer parte.

Além do mais: os fatos, a solicitação, já tinha passado pelo STJ e principalmente pelo STF, tendo do conhecimento dele que havia sido negado.

Vamos racionar: ele desembargador alegou: houve fatos novos; todos ficaram a querer saber quais e...Quando todos nós ciente dos fatos que ele afirmar e assim confirmar...

Que burrice, que idiotice e infantilidade do desembargador.

Vamos pensar, vamos raciocinar, colocando exemplos para o que seria fatos novo para ele decidir.

O desembargador argumenta: o fato novo - Lula era candidato a eleição e não poderia continuar preso.
A pergunta: esse assunto é fato novo? Pois, todo povo do Brasil inteiro e o mundo, há meses, estão cientes, que ele Lula é candidato...

Esse desembagador igual já aqui perguntado: foi burro? Ou foi induzido ao erro? Ou participou da armação e ficou a vê: se colar colou?

Os fatos, insistências... Pois, ainda, foi infantil de não raciocinar que: o Fernandinho Beira Mar e tantos, outros ora presos, ele teria que soltar - los também, ou não? Pois, com certeza, passariam a ser candidatos.

Dessa forma, eu e você, passamos a ganhar o direito de criticar, pois, razões, foram dadas e muitas.

Pense aqui: as vezes, tem coisas que aos olhos e sentido, parece se ter razão, porém, o assunto do Lula desembargador, não; não é esse o caso, vamos pensar:

O que parece ser correto? Obs: o primeiro exemplo a seguir, não foi criado por mim, pois, já antes a conhecer, o meu exemplo, seguira logo após .

Vamos saber:
Uma pessoa, entra com uma queixa no Juizado, pois, roubaram a vaca dele; o juiz, autoriza a devolução da vaca. Então, o autor do pedido, agora argumenta e quer o seguinte:

Seu juiz, não quero mais a vaca; eu quero que o senhor, me dê o boi dele que é de raça, mais caro e muito bonito.

A pergunta: quando o juiz, iria dar esse direito ao autor? Nunca. Não cabe.
Então: não cabia ao desembargador assinar o HC, pois, conhecia toda regra; porém, o que esse desembargador fez, tudo ao contrário.

Segue o meu exemplo para o desembargador, ao tempo, para esses deputados de meia tigela, que entraram com esse HC e para os advogados do Lula.

Então: queriam ser inteligentes? Quiseram armar? É tecnicamente, a parecer perfeito para qualquer um deles a pensar digo- naquele momento: soltar o Lula.

Faltou fazer diferente, e assim, contratar com as duas outras peças, digo: o Lula e um médico.

O Lula, fingia estar com a saúde debilitada, muito fraco, assim a passar mal; nisso o médico da armação no atendimento lá...

Aí fato novo ou nao? Sim, pois, o pedido chegava com o laudo médico, nas mãos do desembargador...

Como mandou, de pronto escrevia: com urgência o Lula vá para um hospital, aí, quem sabe, ele ainda a mandar: de lá, siga para a residência dele para a total recuperação.

Eu pergunto: ele iria para um hospital ou não? Sairia da prisão ou não? Com certeza sim.

Nisso Para o desembargador, qual a crítica que levaria? A não ser depois, já menção - o escrito: voltar para casa. Então esse desembargador sairia por cima ou não?

Ainda não é ponto, pois, sabe- se: Lula, não pode se candidatar a nada, ele Lula está na lei da ficha limpa; então, novamente o desembargador a errar e em sequencias.

Agora segue meu pedido de atenção:

Senhores da Polícia Federal: quem sabe, não era à fuga para o Lula, pois, eles sabem: Lula candidato...

É tudo conversa, eles sabem que o assunto é outro, ou seja, chamar o povo besta, que se enganam e a chamar o povo do mundo para ser enganado, pois, a maioria deles nada sabem dessas armações; armação essa desse desembargador, que deve ser investigado com quebra do sigilo telefônico dele e desses deputados etc.

Finalizo deixando um recado: senhor Dias Toffoli, se estar a pensar em fazer isso que acabei de escrever digo: entrar em conluio, com os citados do PT, pois, logo será o presidente do STF, nem pense nisso, pois, você e seus dois compassa que forma a segunda turma do STF, nós estamos de olho em vocês e no Marco Aurélio.

Quem pode aqui comentar que me entendeu e pode me dizer: você está certo, para com o que escreveu. Autor: Manoel Honorato. mhonoratofilho@hotmail.com

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: QBVb (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.