Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 

E-mail:
Senha
       
        Cadastre-se
Esqueci minha senha
Homepage
Pensadores
Lazer e informação
Citações
Textos Fantásticos
Poemando
Provérbios
Estatuto do poeta
Peão diz cada uma!
Bíblicos
Contos e poemas de Natal
Básico de violão
Livrarias
Informática
Artes
Jornais
Revistas
Música
Televisão
Infantil

MUSIPOEMA

MUSIPOEMA
A HISTÓRIA DO ROCK IN ROLL
SER MÃE
AMIGO É...
AMAR É...
 

 

Busca

 
 
 

 

Walquiria Rocha Machado
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Conto
 
Não quero mais você!!!
Por: Walquiria Rocha Machado

Tem uma placa em meu coração gravada com o seu nome... tentei riscá lo incessantemente até que consegui apagar algumas letras e deixá lo indecifrável... para a dor da saudade não existe remédio e nem anestesia, ela chega do nada e ainda tenta corroer, então eu esqueço de tudo e me controlo para não voltar para este amor insano...

Eu caminhava tão bem quando você interrompeu o meu percurso e me abordou no meio da minha caminhada, então me despi de todos os meus medos e incertezas e me envolvi com a sua imagem nas fotos de uma rede social e com a sua voz pelas mensagens... mas o engano foi muito grande e cruel, você não era você, e sim o esboço de alguém sem nenhuma decisão ou vontade de ser feliz...

Corri e insisti atrás de alguém oco e vazio, que nada fez para que os meus dias se tornassem mais esperançosos... hoje meu coração não tem mais lugar para você, ele aprendeu a lição do desprezo e só abre as portas quando o meu cérebro consentir e não quando a emoção pedir... Sei que aprendi muito com este amor frustrado e vazio, sei que meu coração nunca mais será refém de um amor louco e sem sentido, como este que senti por você...

As vezes sua imagem ainda insiste em chegar de mansinho em meus sonhos e permanece ali calado e sem esboçar nenhum sorriso exatamente como você é na realidade, e eu te expulso do meu sonho sem nenhuma dor ou desejo que ele se prolongue, pois até em sonho aprendi não querer mais você...

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: feZW (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.