Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 

E-mail:
Senha
       
        Cadastre-se
Esqueci minha senha
Homepage
Pensadores
Lazer e informação
Citações
Textos Fantásticos
Poemando
Provérbios
Estatuto do poeta
Peão diz cada uma!
Bíblicos
Contos e poemas de Natal
Básico de violão
Livrarias
Informática
Artes
Jornais
Revistas
Música
Televisão
Infantil

MUSIPOEMA

MUSIPOEMA
A HISTÓRIA DO ROCK IN ROLL
SER MÃE
AMIGO É...
AMAR É...
 

 

Busca

 
 
 

 

Walquiria Rocha Machado
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Conto
 
Lembranças...
Por: Walquiria Rocha Machado

Finados...lembranças dos que se foram...dos que morreram... mas será que aqueles quem amamos morreram.. .acho que sempre viverão dentro de nós... Lembro da minha mãe tão serena me ensinando como enfrentar a vida, ela dizia que precisávamos aprender um pouquinho de tudo e que nossos caminhos são cheios de altos e baixos, podemos ter tudo e não ter nada, por isso temos que saber fazer as coisas para nos virar nos dias difíceis.

E assim aprendi com ela a bordar, costurar, fazer crochê e tricô tudo que sei devo a ela , depois a gente vai se aperfeiçoando e se superando no dia a dia, e aprendendo mais... mas o começo foi ela quem me ensinou

Tentei passar estes ensinamentos aos meus filhos que em seguida foram passando aos seus filhos também, alguns aprenderam mais outros aprenderam menos, mas todos sabem se virar, nenhum deles ficam encostados esperando alguém fazer, todos fazem quando for preciso.

Assim a vida seguiu seu rumo, minha mãe partiu muito cedo e eu até hoje sinto muito a sua falta... Tenho uma neta que na época tinha cinco anos e ficava comigo sempre nos finais de semana, então lembrei outro dia quando a ensinei fazer bolinho de chuva, ela muito compenetrada me perguntou quem havia me ensinado fazer aquilo... aí respondi que foi a minha mãe que hoje se estivesse viva seria a sua bisavó

Ela com os olhinhos brilhantes e o sorriso mais lindo do mundo me disse Vovó, sua mãe ia ficar feliz em ver que você aprendeu direitinho a fazer estes bolinhos e agora está ensinando pra mim...

Aquele dia chorei visivelmente sem conseguir esconder minha emoção em lembrar que tudo o que ela pacientemente me ensinou e naquele dia ouvir minha neta dizer que eu aprendi direitinho, foi como se minha mãe estivesse ali naquele momento se sentindo gloriosa por ter feito tudo o que fez e ensinado tudo o que ensinou para todos nós seus filhos em vida...

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: ZKGO (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.