A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

José-Augusto de Carvalho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Cordel
 
O MEU RIMANCEIRO - QUE VIVA O CORDEL! * Da pluralidade
Por: José-Augusto de Carvalho



No reino do faz de conta,
a identidade é plural:
contradição ou afronta
é condição natural.

Há um reizinho qualquer,
se é reino tem de ter rei,
ora homem, ora mulher,
a pluralidade é Lei.

Ser isto ou o seu contrário,
ser avesso ou ser direito,
tudo consta do inventário
onde se almeja o perfeito.

Ser diverso ou ser afim,
géneros em profusão!
Que louvar a Deus sem fim
desta plural criação.

Do diverso ao semelhante,
do que viste ao que não viste,
tudo o que existe garante
que é criação, logo existe.

Tudo o mais é preconceito,
porquês da Filosofia
porque ignora o Direito
de existir da pandemia.

Não há por que haver porquê.
Seja o que à Vida aprouver!
E no fim, logo se vê!
Que seja o que Deus quiser
!

José-Augusto de Carvalho
8 de Dezembro de 2018.
Alentejo * Portugal

 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: gVOA (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.