A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

José-Augusto de Carvalho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Sonetos
 
CANTO REVELADO * À bolina...
Por: José-Augusto de Carvalho



No meu alforge trago a referência:
a sede no cantil mitigada,
a fome no taleigo saciada,
a paz duma frugal sobrevivência..

No peito trago o coração pulsante
de velas navegando contra o vento
clamando em qualquer tempo é o momento
de ser e de rumar para diante.

Que fique para trás o tempo morto
que apenas é presente na lembrança
e nas saudades raras de criança
consegue dar-me instantes de conforto.

O tempo é este tempo que me imponho:
o tempo meu --- doutro nenhum disponho…


José-Augusto de Carvalho
11 de Dezembro de 2018.
Alentejo * Portugal

 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: WFAL (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.