A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

José-Augusto de Carvalho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Sonetos
 
NA ESTRADA DE DAMASCO * Tela naturalista
Por: José-Augusto de Carvalho


Dezembro já chegou, de frio a tiritar.
No desconforto, evoca o assombro de nascer.
Que véu sobre o devir me impede de enxergar
a graça de entrever o tempo por haver?

A dúvida de ser exausta permanece,
desesperando já a minha longa espera.
Ai, que esperança de alma enternecida tece
a remissão no Amor que tudo regenera?

Já chia e já fumega o caldo na panela.
A mesa sonha o pão suado da partilha.
Insone, a noite dói, por látegos ferida.

Desliza a neve na vidraça da janela.
O vento, sem cessar, monótono dedilha
a melodia triste, há tanto repetida…



José-Augusto de Carvalho
19 de Dezembro de 2018.
Alentejo * Portugal

 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: WcWZ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.